O empreendedor de primeira viagem é aquela pessoa que nunca teve uma empresa e deseja muito empreender, mas, na maioria das vezes, não sabe como começar. No início, tudo é desafiador, a jornada é cheia de dúvidas e obstáculos a serem percorridos e vencidos, mas, também, de muitas conquistas e superações. Porém, temos que ter em mente que qualquer negócio está sujeito a tomadas de decisões erradas, especialmente se for o primeiro empreendimento. Pensando nessa questão, no artigo de hoje, separamos 9 dicas para empreendedores de primeira viagem. Você saberá o que todo iniciante em um  negócio deve saber para ter sucesso nessa empreitada. Confira!

O caminho dos empreendedores de primeira viagem

Ao escolher o caminho do empreendedorismo, muitas pessoas, no início, ficam angustiadas por acharem que não terão tempo suficiente para se dedicarem aos seus projetos. Alguns gostariam até mesmo que o mundo parasse, pois somente dessa forma conseguiriam prosseguir com os seus sonhos. Porém, isso não vai acontecer, o mundo não vai mudar somente por causa dos seus projetos. É necessário deixar que as coisas sigam o seu curso natural para que os seus planos possam tomar forma.

Não espere realmente que você tenha muito tempo no início, pois muitas vezes isso não será possível. Não espere que você ganhe na loteria para poder ter o dinheiro necessário para investir no seu novo negócio. Comece aos poucos, trilhe o seu caminho sem tentar  fazer algo que vai além das suas condições. Da ideia ao lançamento do projeto podem levar meses, ou mesmo levar anos!

9 dicas para empreendedores de primeira viagem

Confira, a seguir, algumas dicas fundamentais para que os empreendedores de primeira viagem tenham sucesso em seus novos negócios:

1) Tempo

Não é segredo para ninguém que o tempo deve ser administrado da melhor forma possível. Saber otimizá-lo fará com que o seu negócio se torne mais produtivo. Você pode automatizar o máximo de tarefas possíveis dentro da empresa. Também pode ter um número fixo de horas para trabalhar por dia e seguir essa meta. Outra dica, é ter uma lista precisa das coisas mais urgentes que devem ser realizadas, e não das que mais lhe agradam fazer.

2)  Planejamento financeiro

Hoje sabemos que muitas empresas quebram no Brasil em função de não ter tido um planejamento financeiro adequado em seu início. Então, se você está abrindo a sua empresa agora, tenha em mente que é necessário planejar adequadamente. Isso quer dizer que você precisa ter uma reserva financeira para manter a sua empresa no decorrer de um determinado período. Além disso, você deve considerar que é necessário ter reserva financeira suficiente para poder se manter nesse período, ou seja, custear as suas despesas pessoais.

A falta de planejamento pode realmente levar por uma estrada errada, que pode resultar em  um fracasso ou até mesmo perda financeira.

3) Conhecimento

Você precisa ter o conhecimento adequado para poder atuar na área que você deseja.

Entenda que, por mais que conheça o seu mercado, é praticamente impossível saber tudo de forma completa. Adquira o hábito de estudar, de buscar informações, de pesquisar as suas tendências. Hoje em dia é muito rápido, muito fácil conseguir conhecimento. Na internet, por exemplo, você pode encontrar várias informações, com custo zero. Você estará sempre atualizado sobre a dinâmica de sua área de atuação. Ter acesso a vários conteúdos pode fazer a grande diferença em seu negócio.

4) Disciplina

Essa dica é realmente muito importante. Ter disciplina significa fazer o que precisa ser feito e ter foco em seu negócio. Você perceberá que o resultado da sua empresa dependerá exclusivamente do seu empenho e esforço. Somente dessa forma você terá sucesso.

5) Gestão financeira

Percebe-se hoje no mercado que os empreendedores de primeira viagem têm uma certa dificuldade na gestão financeira, ainda mais pelo fato de não possuírem experiência anterior. Na hora em que abrem um negócio e precisam realmente administrá-lo, podem cometer erros que, posteriormente, poderão levar graves prejuízos. Isso porque não receberam todo o respaldo necessário quando deveria.

6) Plano B

É sempre bom ter uma alternativa em mãos, alguma coisa que você possa adaptar rapidamente, caso o seu negócio não esteja indo bem. Entretanto, é necessário tomar cuidado porque, às vezes, temos excesso de otimismo, achamos que tudo vai dar certo, que nós somos predestinados; porém, muitas coisas acabam dando errado.

Os empreendedores de primeira viagem devem ter humildade suficiente para parar e pensar quando as coisas não estão indo muito bem e tentar uma nova alternativa.

7) Testes

Mesmo você tendo em mente que a sua ideia de negócio é ótima, ela precisará passar por alguns ajustes. É muito importante que se faça testes para ter a certeza de que está, de fato, construindo um negócio sólido, relevante, e realmente aceito pelo mercado.

Lembre-se de que o que pode ser bom para você, pode não ser bom para o seu cliente. Portanto, não seja tendencioso e esteja sempre aberto a críticas, assim poderá aprimorar o seu negócio e torná-lo cada vez mais competitivo.

8) Relacionamento

A boa comunicação e uma rede de contatos forte é o diferencial de muitos empreendedores que alcançam o sucesso. Procure conversar com outras pessoas, busque referências de mercado e faça muito networking sempre que for possível. Ficar recluso com as suas ideias não será algo positivo para a sua empresa.  

9) Limitações

Nunca podemos esquecer que somos seres limitados. No entanto, muitas limitações são transponíveis. Os empreendedores de primeira viagem devem ter perseverança, insistência, devem errar e acertar, e nunca deixar se intimidar pelos erros.

Existem limitações de investimento, de tempo, ou até mesmo de alguma habilidade que você gostaria de ter e não tem. Isso para muitos é ruim, pois acham que para poder empreender, é necessário saber de tudo e ser bom em tudo. Porém, sabemos que não é bem assim.

Muitas vezes você tem modelos de pessoas nas quais se inspira, mas que acredita que estão distante da sua realidade. Não se importe e não se deixe intimidar, pois até mesmo as suas limitações te tornam único. São elas que te fazem dar um formato original para as coisas que você cria.

Se especialize naquilo que você é bom, mas, também, tente aprender coisas novas. Frente às limitações você pode agregar mais pessoas ao seu projeto. Sempre existe a possibilidade de pessoas com visões diferentes enriquecerem a sua vida, os seus negócios, os seus projetos.

Dica bônus

Para quem é empreendedor de primeira viagem, é sempre bom e importante analisar bem os números. Se você não tem capacidade, contrate alguém que faça esse estudo de viabilidade e que também cuide da gestão financeira. Desse modo você realmente encontrará e alcançará o sucesso tão desejado.

Conclusão

Espero que essas 9 dicas para empreendedores de primeira viagem possam auxiliá-lo nessa nova caminhada.

Lembre-se de que empreender é uma viagem longa, é uma jornada na qual você tem que se empenhar de corpo e alma. Vai exigir toda a sua essência, toda a sua dedicação e paixão. Isso tem custos também, e muitas vezes, não são baixos. Se você não se dedicar de corpo e alma, a probabilidade de sucesso vai ser prejudicada, pois há milhares de outros empreendedores que querem ter sucesso tanto quanto você.

Portanto, se você está empreendendo pela primeira vez, saiba que terá que se dedicar ao máximo para obter êxito nos seus projetos.

 

banner-site_blog_-_2_artes