Se você já pensou em morar fora do Brasil, não pode desconsiderar a opção de migrar para Austrália. Esse é o destino de milhares de pessoas de todo o mundo que desejam levar um novo estilo de vida e incorporar totalmente o inglês no seu dia a dia.

A Comunidade da Austrália (Commonwealth of Australia, nome oficial) está localizada no hemisfério sul do globo e fica na Oceania, menor continente do planeta. O país é uma monarquia constitucional e não tem uma língua oficial, embora o inglês australiano seja considerado a sua língua nacional.

A Austrália não é um exemplo de bem-estar social à toa. A seguir, descubra por que vale a pena migrar para esse país.

Economia australiana forte

A Austrália adota uma economia de mercado altamente próspera. Embora seu território não seja tão grande, o PIB está entre os 20 mais altos do mundo. Viver em um país como esse certamente exige um custo de vida mais alto, mas essa “dificuldade” inicial para estrangeiros ainda é contornada por alguns motivos.

Primeiro, o dólar australiano é tradicionalmente mais barato do que o dólar americano. Segundo, os serviços oferecidos pelo governo e pelas empresa privadas australianas são de qualidade excelente e muito acessíveis financeiramente.

Por fim, as oportunidades de trabalho na Austrália são reais e o salário mínimo australiano (pago por hora de trabalho) garante uma boa qualidade de vida. O governo oferece facilidades para estrangeiros conseguirem, por exemplo, trabalhar e estudar no país. No site do governo australiano, você pode entender melhor esse programa.

Mobilidade urbana de excelência

Não aguenta mais os engarrafamentos das rodovias brasileiras? Saiba que na Austrália a dinâmica das grandes cidades funciona de outra forma. O país é marcado pela diversidade de meios de transporte. Além de ônibus, lá você encontra trens, metrôs e uma população disposta a tirar a bicicleta da garagem.

Isso mesmo. Para ter ideia, de 2010 para 2014, o número de usuários de bicicleta na cidade de Sydney aumentou em 130%. Todos esses aspectos aliviam o trânsito dos centros urbanos australianos.

Clima ameno e natureza diversa

A qualidade de vida dos australianos se deve também ao clima e à natureza do território. Pela maior parte do ano, a população vive um clima temperado, agradável para fazer atividades ao ar livre.

A mega diversidade de animais e tipos de planta da Austrália é outro destaque. Lá, você encontra inúmeros parques naturais e reservas ambientais protegidas pela UNESCO. Além disso, as praias australianas são conhecidas mundialmente pelos campeonatos de surf.

Cultura e gastronomia

O território isolado entre oceanos, onde está localizada a Austrália, possibilitou a influência de aspectos culturais da Ásia, Europa, América e especialmente do seu povo nativo, os aborígenes. As manifestações artísticas são uma marca da nação, que conta com luxuosos museus, casas de ópera e grandes monumentos.

Na gastronomia, a diversidade também tem espaço. O país conta com festivais culinários todos os anos, orgânicos vendidos em mercados ao ar livre, famosas tortas de carne e frutos do mar.

País entre os mais felizes do mundo

Segundo relatório anual da ONU, a Austrália está entre os 10 países mais felizes do mundo. Esse é um reflexo dos fatores demonstrados anteriormente, os quais favorecem a qualidade e a expectativa de vida da população australiana. 

Embora pareça abstrato demais, a felicidade da população do seu possível destino deve ser considerada para que não haja arrependimento se decidir migrar para Austrália. Aliado a tudo isso, você estará diariamente praticando e absorvendo o inglês, língua falada no mundo inteiro!

Você pôde perceber que migrar para Austrália vale realmente a pena. Lembre-se de que falar o idioma da população australiana será indispensável para passar pelo processo de migração e se comunicar com segurança no novo país. Por isso, não deixe de investir no domino do inglês enquanto ainda está no Brasil.