Trabalhar no Canadá vem se tornando um objetivo de vida cada vez mais atraente para brasileiros. Quem pensa em morar fora do país, certamente, já considerou a possibilidade de migrar para essa nação que une qualidade de vida, segurança e estabilidade econômica.

Em meio a crescentes ondas contra a imigração, o Canadá se apresenta como alternativa válida para estrangeiros. O governo canadense entende que não é próspero manter imigrantes ilegais ou pessoas trabalhando na clandestinidade e disponibiliza inúmeros programas para que todos consigam legalmente migrar para o Canadá.

Se você nutre o desejo de viver no Canadá, precisa conhecer tudo sobre as formas de trabalhar nesse país. Pensando nisso, reunimos as questões mais frequentes sobre o assunto neste artigo. Boa leitura!

Quais são os meios de trabalhar no Canadá?

A maioria das barreiras de quem está fora do seu país de origem está sempre relacionada a questões trabalhistas. Além de conseguir uma oportunidade de trabalho, os estrangeiros geralmente precisam enfrentar uma série de burocracias para se manterem legalizados.

A boa notícia é que o Consulado-Geral do Canadá se esforça para fazer diferente. Quem vem de outro país e quer trabalhar no Canadá encontra vários meios de cumprir esse objetivo.

Proposta de trabalho

Receber uma proposta de emprego de uma organização residente no Canadá pode ser a forma de conquistar uma permissão para receber o visto de trabalho. Resumidamente, a empresa precisa provar para o governo canadense que não há nativos qualificados e classificados para a vaga ofertada.

Feito isso, o estrangeiro recebe um visto de trabalho temporário, alinhado ao tempo de contrato com a empresa. Esse é um projeto de vida a médio prazo, que dura meses, mas é um passo importante para conquistar o visto de trabalho definitivo.

Programas de imigração

Outra opção para quem deseja trabalhar no Canadá é entrar no processo de imigração em um dos inúmeros programas disponibilizados pelo governo canadense. Há dois tipos de programas: os federais e os provinciais.

O Express Entry é o sistema usado pelo governo do Canadá para gerenciar os programas federais de imigração mais comuns: Federal Skilled Worker Program, Federal Skilled Worker Trades Program e Canadian Experience Class, que disponibilizam no portal online os detalhes do processo e a documentação exigida.

Os programas provinciais estão ligados a localidades específicas do Canadá. Por exemplo, Quebec, Ontario (para estrangeiros com ofertas de emprego) e British Columbia (BCPNP).

Estudar e trabalhar

Estudantes matriculados em cursos profissionalizantes ou universitários em instituições credenciadas podem solicitar uma permissão de trabalho vinculada a um visto de estudo. Essa permissão dá ao estudante o direito de trabalhar 20 horas semanais (em período de aula) ou 40 horas semanais (durante as férias).

Vale lembrar que, atualmente, a instituição de ensino credenciada não deve ser uma escola de idioma. O visto de trabalho para aqueles que terminaram um curso de ensino superior é conhecido como Post-graduation work permit. No site oficial do governo do Canadá, você pode conhecer melhor esse programa.

Por que não vale a pena ser ilegal no Canadá?

Nos Estados Unidos, a história do imigrante ilegal já é bem conhecida. Muitos residem na nação americana durante anos e trabalham (mesmo sem permissão) apenas tendo em mãos o visto de turista ou de estudante. No Canadá, embora também haja imigrantes irregulares, as oportunidades são extremamente diferentes.

Acredita-se que os inúmeros programas de imigração do Canadá possam dar conta de regular o status dessas pessoas em situação de vulnerabilidade. Por isso, o imigrante ilegal vive um enorme isolamento em território canadense.

O acesso a serviços básicos do governo tornam-se totalmente restritos, não há a garantia de direitos trabalhistas, as oportunidades de emprego ficam restritas a áreas sem mobilidade (garçons de bares e atendentes de pequenos comércios, por exemplo) e vive-se o eterno risco de ser denunciado.

Quais são as vantagens de trabalhar no Canadá?

Se você chegou até aqui, já conhece os meios mais comuns de conseguir trabalhar no Canadá e porque não vale a pena ser ilegal nesse país extremamente organizado e próspero. Além disso, existem algumas vantagens que os trabalhadores residentes no Canadá têm cotidianamente.

Boas condições de trabalho

Uma das grandes diferenças reparadas pelos imigrantes brasileiros é o fato de que no Canadá preza-se pelo bem-estar do trabalhador. Ou seja, não é necessário trabalhar até a exaustão para garantir boas condições de vida para você e sua família.

O período de trabalho integral do Canadá é de 30 horas semanais (a título de comparação, a jornada de trabalho no Brasil é de 44 horas). Entretanto, é possível encontrar vagas com mais ou menos horas de trabalho.

Outra diferença está nos direitos parentais. No Canadá, a licença maternidade é de 1 ano e pode ser alternada com o parceiro. Além disso, após ter um filho, o salário do funcionário tem um aumento para garantir a estabilidade do núcleo familiar.

Respeito à diversidade

Embora faça fronteira apenas com os Estados Unidos, o Canadá é uma nação bastante diversa, com influências de várias culturas do mundo. Os canadenses nativos, em geral, são conhecidos pela receptividade e educação com os imigrantes.

Essa relação saudável com quem vem de fora do país é refletida no cotidiano de trabalho. Os imigrantes não são envergonhados e não sofrem discriminação pelos nativos com base na sua origem.

Qualidade de vida

Além de não precisar trabalhar exaustivamente, estar em um país com serviços básicos de qualidade e acessíveis, seguro e com pouca desigualdade social, torna a vida do trabalhador canadense muito mais tranquila.

O país conta com vários meios de transporte (trens, barcos, ônibus etc.), o que evita o congestionamento das grandes rodoviárias, permitindo que a mobilidade do trabalho para casa não seja um sacrifício.

Como preparar o inglês para trabalhar no Canadá?

Se você passou pelo processo de imigração canadense, é porque provou ter domínio suficiente do inglês para estar em um país que adota oficialmente a língua. Entretanto, isso não será o suficiente para se integrar totalmente à cultura e ao cotidiano de trabalho no Canadá.

Embora esteja praticando a língua entre nativos, você não deve deixar de investir no estudo formal do inglês, isso é, dedicar um tempo da sua rotina para se aperfeiçoar na língua. Uma opção prática e mais econômica para estrangeiros é estudar de maneira online, por meio de videoaulas.

Viver e trabalhar no Canadá é uma meta de vida possível. Entretanto, é um sonho que exige planejamento, sobretudo em relação à documentação necessária, para obter sucesso desde o início do processo de imigração até a vivência no novo país.

Parte indispensável de qualquer migração internacional é o domínio do inglês praticado no dia a dia. Para isso, não deixe de acessar gratuitamente o nosso e-book sobre inglês para viagem.