No 2º trimestre de 2017, o setor de franchising obteve um faturamento de mais de 37 bilhões de reais, valor que representa um aumento de 6,8% quando comparado ao mesmo período do ano passado. Com dados expressivos, não há dúvidas de que o segmento continua sendo um investimento rentável e seguro.

E não são só as grandes marcas que se destacam. A minifranquia também apresenta oportunidades especiais, conquistando cada vez mais franqueados. Para mostrar os benefícios de investir nessa modalidade, preparamos um conteúdo especial. Confira:

1. Investimento acessível

O capital é um dos empecilhos para muitos empresários. O cenário muda quando o assunto é microfranquias. Com valores reduzidos, elas são bem acessíveis. Existem marcas, por exemplo, que não ultrapassam 10 mil como investimento  já incluindo a taxa de franquia.

E não pense que é apenas uma área específica. Desde o setor de alimentação até mesmo de turismo, há opções para todos os gostos e bolsos. Para não ter erro, faça uma pesquisa aprofundada, conhecendo melhor o perfil do franqueador, além de verificar o prazo de payback, que nada mais é do que o retorno do investimento. 

2. Apoio do franqueador

Outro benefício significativo é o contato mais próximo entre franqueador e franqueado. Ao contrário das grandes empresas, nas quais, normalmente, o empreendedor tem um suporte mais genérico, na minifranquia ele recebe todo o apoio necessário para fazer o negócio decolar. 

O franqueador, nesse sentido, sabe que criar um relacionamento pautado na confiança e respeito mútuo é o segredo para o sucesso. Por isso, ele não pensa duas vezes para prestar um serviço diferenciando, que vai ajudar o empreendedor a alavancar a empresa. 

3. Custo operacional reduzido

Você terá mais facilidade tanto para começar o negócio quanto para mantê-lo, uma vez que os custos operacionais são abaixo da média. 

Desde gastos com a equipe até mesmo as taxas pagas e valores relacionados a capital de giro e estoque inicial: de forma geral, a minifranquia possui custos de manutenção reduzidos, o que proporciona mais segurança para apostar nesse modelo. 

4. Dispensa espaço físico

Acredite: são várias as opções de franquias que dispensam um local físico. Nesses casos, o empreendedor trabalha no formato home-office e a principal ferramenta é a sua própria mão de obra.

Como se pode imaginar, essa alternativa proporciona uma economia significativa. Afinal, os gastos com a locação e manutenção de um espaço representam uma parcela expressiva do orçamento. 

5. Menor risco

O estudo de mercado é um ponto em comum de todas as franquias. Isso significa que o franqueador tem em mãos um negócio já testado e validado. Contudo, imprevistos podem acontecer, prejudicando a rentabilidade do negócio.

Em outras palavras, a marca, mesmo que com uma probabilidade mínima, pode não prosperar. A consequência não é nem um pouco favorável, fazendo com que o empresário tenha um prejuízo exorbitante. Em contrapartida, a franquia que tem um custo mais baixo, tem um menor risco de perda. 

Fato é que a minifranquia têm se tornado uma opção cada vez atrativa, sobretudo para investidores que buscam um modelo consolidado, com custos reduzidos e bons resultados. 

Gostou do conteúdo e quer esclarecer algumas dúvidas sobre a Top English? Então, entre em contato conosco! Será uma satisfação atendê-lo!