Falar inglês não precisa ser tão difícil quanto parece. Como em qualquer outro idioma (inclusive o português), neste o aprendizado envolve uma boa dose de prática.

Basta pensar em como se dão as experiências de uma criança educada em um determinado idioma. Ela não tem base teórica alguma, entretanto, como passa 100% dos primeiros anos da vida ouvindo as pessoas falarem uma mesma língua, é natural que comece a entender o significado das palavras e, a partir do momento em que coloca a conversação em prática, demonstra conhecimento na língua.

É por isso que é preciso buscar a prática necessária e treinar a conversação em inglês no dia a dia. Contando com recursos simples, isso pode ser aperfeiçoado. Quer saber quais são eles? Então confira.

Leia notícias em inglês

Uma maneira de condicionar seu cérebro a assimilar a informação em um novo idioma de maneira mais fácil é se acostumando a ler aos poucos.

Comece com uma informação, seja ela qual for. Basta acessar um site de um portal como o da BBC News e ler uma notícia por dia. Não se preocupe em demorar para concluir o texto ou em ler pouco. O importante é que você desenvolva a prática e que, com o tempo, consiga ler notícias maiores em menos tempo.

Essa dica é mais voltada para quem possui nível intermediário de entendimento do idioma. Para pessoas que ainda não conhecem bem as palavras, recomenda-se um pouco de teoria ou paciência e o uso de um dicionário para tirar as dúvidas que surgirem.

Assista conteúdos online

Não deixe de contar com os recursos que o ambiente online oferece. Entre eles estão materiais que contemplam diferentes tipos de assunto.

Uma estratégia que pode ser adotada é procurar por conteúdos em inglês que tratam de assuntos do seu agrado. Por exemplo, se você é fã de um tema como futebol, você pode procurar por entrevistas, palestras e até mesmo vídeos publicitários de jogadores e treinadores que atuam no futebol europeu e que falam em inglês.

O site TED é uma excelente alternativa para quem gosta de palestras. Ele apresenta especialistas do mundo todo que tratam de temas de grande relevância. Além disso, você pode encontrar conteúdo no YouTube, no Vimeo e em demais plataformas.

Faça isso independentemente do nível em que se encontra. Se você tiver dificuldades, comece assistindo conteúdos com a legenda e passe a retirá-la conforme sentir que já compreende o que é dito.

Reveja um episódio de sua série favorita

Gosta de Lost? Lembra de cor e salteado de determinado episódio de Friends? Até hoje não esquece de um diálogo específico de Two And a Half Man? Então, já que você conhece o conteúdo, por que não revê-lo no idioma original? Assim você assimila com maior facilidade o significado de cada palavra, pois já sabe o que aquilo quer dizer em português.

Se você adotar essa prática ao menos uma vez por semana, certamente aprenderá não somente palavras, mas também frases e gírias. Séries são ótimas para isso, pois retratam o modo de vida da sociedade americana.

Essa é uma técnica ideal para quem já possui nível avançado, mas ainda não se sente confiante para falar em inglês. Quando você já conhece as palavras, principalmente através de leitura, ouvir outras pessoas falarem pode soar estranho, mas com o tempo você se acostuma. É por isso que assistir diálogos já conhecidos tende a ser útil.

Aposte em aplicativos

A tecnologia tem sido cada vez mais útil na vida das pessoas. Hoje, basta um smartphone na mão e uma conexão com a internet para ter acesso a inúmeras possibilidades.

Em termos do aprendizado de idiomas não poderia ser diferente. É possível baixar aplicativos como dicionários, jogos educativos e até mesmo cursos completos em inglês. Trata-se de uma excelente alternativa para aliar aprendizado e entretenimento.

Pessoas com nível básico, intermediário e avançado podem adotar essa técnica. Alguns aplicativos permitem que você faça uma lição por dia levando menos de cinco minutos.

Aposte em aplicativos, principalmente se você não tiver muito tempo disponível para outras tarefas no dia a dia. Como eles funcionam no celular, você pode usá-los no ônibus, na pausa para o almoço e mesmo antes de dormir.

Não tenha medo de falar somente em inglês

Um método muito utilizado por escolas de inglês é determinar esse idioma como o único falado em classe. Isso força o aluno a procurar por alternativas para se comunicar mesmo quando não sabe o significado das palavras. Entretanto, é comum ver pessoas com dificuldade para se expressar, seja por timidez ou por não dominarem o idioma.

É preciso não ter medo de errar. O erro faz parte do aprendizado e fará com que você procure por soluções e evolua. A prática precisa do erro para ser bem-feita, por isso, sempre que precisar falar em inglês, fale.

Lembre-se de que para aprender é preciso se jogar por inteiro no processo. Sendo assim, passe a viver o idioma com maior intensidade, mesmo que você ainda tenha dificuldades para assimilar as informações.

Converse em inglês

Use suas amizades para ajudá-lo a aperfeiçoar seu inglês. Como o idioma é aceitado em praticamente todo o planeta, é muito comum conhecer pessoas que dominam a língua.

Sendo assim, nada melhor do que contar com elas para praticar a conversação. Dialogue com aquele seu amigo que já morou fora, procure por um parente ou outra pessoa. Fale com pessoas que possam ajudá-lo por terem um conhecimento superior ao seu. Assim elas o orientam melhor caso você cometa algum erro na pronúncia, por exemplo.

Você pode usar ferramentas como o Skype para entrar em contato com alguém que esteja morando fora do país. Essa é uma boa alternativa para praticar com quem vive a língua inglesa no dia a dia.

Para quem possui pelo menos o nível intermediário, essa prática permite desenvolver a rapidez de raciocínio. Peça para que seu interlocutor apresente questões ligadas a atividades de rotina. Quando você conseguir dar respostas rápidas, verá que o método funciona.

Quer saber como podemos ajudá-lo na sua conversação em inglês? Entre em contato conosco!