Um dos principais motivos que impedem muitas pessoas de abrir seu próprio negócio é a falta de dinheiro. A maioria dos potenciais empreendedores esbarra nesta dificuldade para pôr seu sonho em prática. Mas, na verdade, está provado que não é preciso ter grande capital para criar um negócio de sucesso: com planejamento e algumas dicas, é possível fazer o pequeno investimento trazer muito rendimento!

Porém, para atingir o sucesso, seja qual for o ramo ou tamanho do seu negócio, é necessário muito trabalho, uma boa ideia e um bom plano de negócios.

Neste post, listaremos algumas dicas para te ajudar a abrir um negócio. Acompanhe a leitura e tome coragem para se tornar um empreendedor!

Comece com algo que você já conhece e gosta

Um dos principais fatores para um empreendedor ter sucesso ao abrir seu próprio negócio é iniciar em um ramo em que já tenha alguma experiência prévia e com o qual se identifique. Muitos serão os desafios, então é fundamental fazer uma autoanálise de quais são suas principais habilidades. Quando o dinheiro é curto, é crucial usar toda sua experiência adquirida em outras oportunidades.

A importância de iniciar com um negócio de seu interesse, acima da perspectiva de retorno financeiro que ele pode proporcionar, pode deixar as coisas bem mais fáceis nos momentos de dificuldade. Muitos são os exemplos de empreendedores que superaram momentos complicados só porque tinham paixão pelo trabalho.

Faça uma boa pesquisa de mercado

Abrir um negócio é saber lidar com certo grau de incerteza. Por esse motivo, uma pesquisa mercadológica deve sempre ser realizada. Com a pesquisa de mercado, é possível conhecer o estilo de vida, as características comportamentais, a faixa etária, escolaridade, renda, hábitos de consumo e muitos outros aspectos de seu público-alvo.

Além dos clientes, os fornecedores e as empresas de serviços que podem vir a servir de suporte ao seu negócio devem ser mapeados antes de se lançar no mercado. Uma pesquisa de mercado bem feita serve ainda para dimensionar o mercado, verificar a lucratividade do seu setor, avaliar tendências e ajudar na precificação de seu produto ou serviço.

Invista em franquias

Uma boa opção para abrir um negócio com pouco investimento é apostar em franquias. Dependendo do setor escolhido, é possível abrir a sua com R$10 mil (ou menos!) e obter um bom retorno financeiro.

A grande vantagem em optar por este modelo de negócio é que muito trabalho poderá ser poupado. As franquias geralmente contam com plano de marketing, identidade visual e design próprios, além de uma cartilha a ser seguida pelo empreendedor.

Outro ponto importante está ligado à segurança: ambos os envolvidos (franqueador e franqueado), contam com o respaldo da lei da franquia.

Além disso tudo, existe a possibilidade de verificar os resultados obtidos por outras pessoas que investiram nesta ou naquela franquia. Ao abrir a sua, o empreendedor já inicia o negócio contando com a credibilidade de um nome ou marca já conhecida no mercado. Por esta razão, o risco de uma franquia não dar certo é bem menor quando comparado a começar um negócio do zero.

Busque apoio na sua rede de contatos

Achar meios de driblar a falta de dinheiro inicial é o segredo de muitos empreendedores de sucesso. Uma forma de conseguir isso é pela atração de parceiros estratégicos. Existem muitos interessados em colaborar com a fundação de novas empresas — às vezes para ganhar participação nos lucros, outras por uma exclusividade na compra de produtos ou serviços.

Em alguns casos, organizações governamentais têm programas de incentivo ao empreendedorismo, o que pode ser uma grande oportunidade. Manter uma boa relação com fornecedores e funcionários e uma comunicação efetiva com seu público-alvo, além de pedir feedback de consumidores, são alguns hábitos que vão ajudar seu negócio a ganhar corpo e adotar práticas de melhoria contínua.

Construa o seu MVP

Um conceito bastante difundido na atualidade é o do Mínimo Produto Viável (conhecido como MVP, sua sigla em inglês). Quando se trabalha com pouco dinheiro e tempo, ter um produto inicial vendável é uma excelente saída. Ainda que ele não esteja 100% pronto ou atendendo todas as expectativas dos clientes, ele ajudará a monetizar seu negócio.

A ideia do MVP é construir o produto em conjunto com clientes à medida que as demandas vão surgindo. Além disso, se o público não mostrar interesse, é mais fácil e barato mudar o produto ainda no estágio inicial.

Procure um sócio investidor

Outra estratégia para levantar recursos para negócios iniciais é buscar um sócio investidor. O sócio investidor nada mais é que alguém disposto a financiar sua ideia de negócio com recursos e, em alguns casos, expertise de mercado. Em troca, o novo sócio ganha participação nos lucros da empresa ou adquire cotas.

Essa alternativa é interessante, mas exige cuidados. Achar um sócio com um perfil que encaixe com seu negócio nem sempre é fácil. A maioria dos investidores entra em novos negócios que já têm um MVP, vêm apresentando resultados e possuem uma curva de crescimento atraente.

Busque conhecimento

Se sua empresa ainda não apresenta faturamento, muito provavelmente você mesmo terá que realizar tarefas de diversos setores. Essa é a realidade de muitos empreendedores que se lançam do país. Não basta apenas conhecer sobre o seu produto: é preciso pôr a mão na massa!

O importante, neste caso, é buscar informação, realizar cursos e estudar continuamente para adquirir novas habilidades em áreas como vendas, compras, logística e marketing digital. Por sorte, muitos livros, blogs e cursos de qualidade podem ser encontrados online — e melhor: gratuitamente!

Planeje-se e tenha disciplina financeira

Planejamento e redução de custos são a chave para o bom desenvolvimento de uma empresa. É preciso que o empreendedor busque seus objetivos estando ciente de sua realidade financeira. Buscar empréstimos logo na largada do negócio pode ser uma armadilha. A ideia é lançar o MVP, pegar feedback dos clientes e, com o retorno financeiro, reinvestir no seu negócio.

Para auxiliar na gestão financeira, existem vários programas e aplicativos disponíveis no mercado. Uma boa sugestão é utilizar a versão de teste de alguns destes programas e avaliar quais se encaixam melhor na sua empresa. Abrir um negócio com pouco dinheiro com certeza será um desafio, mas isso se torna uma realidade bastante viável quando existe planejamento e resiliência.

Agora que você já acredita que é possível começar a empreender com pouco dinheiro, não desanime com a sua falta e corra atrás do seu sonho empreendedor. Ser dono do próprio negócio e vê-lo crescer será trabalhoso, mas também muito prazeroso!

Se você se interessou pela opção de franquias e quer mais informações sobre este tema, baixe nosso e-book!