Você é apaixonado pela língua inglesa? Adoraria tê-la mais presente em sua vida, mas não sabe como? Quando pensamos em trabalhar com idiomas, a primeira profissão que vem à mente é a de professor. Entretanto, quem é fluente em inglês pode tornar a língua parte de sua vida profissional ao abrir uma franquia de idiomas.

Isso mesmo! Se você ama inglês, já tem grande parte da motivação e do conhecimento necessários para comandar uma franquia de escola de inglês. Dessa forma, como empreendedor, você poderá dedicar-se a algo que ama e mergulhar no rico mundo desse idioma, tão fundamental no mundo de hoje.

Quer entender melhor essa possibilidade? Então, continue a leitura e descubra por que abrir uma franquia de idiomas é um caminho excelente para quem é fluente em inglês e apaixonado pela língua de Shakespeare. Vamos lá?

Como funciona uma franquia?

Com as mudanças e instabilidades do mercado de trabalho, cada vez mais brasileiros encontram no empreendedorismo sua chance de ganhar dinheiro fazendo o que amam.

Entretanto, abrir uma nova empresa totalmente do zero é desafiador, exigindo pesquisas intensas e investimentos iniciais altos. Além disso, há a necessidade de investir pesado em marketing e no plano de negócios, além de treinar funcionários e outras demandas.

Abrir uma franquia, por sua vez… Ok, ainda é desafiador, mas você terá o apoio do franqueador durante todo o processo.

Além disso, o franqueador fica responsável por fornecer o plano de negócios, fazer toda a divulgação da empresa, determinar materiais gráficos e slogans, fornecer todo o material necessário para treinamento dos funcionários e muito mais.

Dessa maneira, você poderá focar em prospectar alunos, fazer sua unidade crescer e se estabelecer na região escolhida. Afinal, sua marca já é conhecida e respeitada.

Qual é a importância de escolher a franquia certa?

Para que você possa realmente aproveitar seu amor pelo inglês para dar início a um negócio de sucesso, é fundamental escolher a franquia certa para você. Seu perfil e objetivos influenciam nessa decisão, é claro, mas uma coisa é certa: a escola de idiomas escolhida deve ser renomada no mercado.

Reputação

Lembre-se de que você deve poder contar com a reputação e a experiência da franquia para estabelecer sua unidade e prospectar alunos. Isso será muito mais fácil, lucrativo e recompensador se você carregar consigo um nome forte no ensino de inglês.

Depois que você conquistar o aluno, é o atendimento da sua equipe, a qualidade do corpo docente e sua gestão que o manterão ali. Entretanto, ele chegará até você guiado pelo nome da franquia. Deu para perceber a importância dessa escolha, não é?

Método

Mas não é apenas a reputação da marca que você deve levar em conta. Para aumentar as possibilidades da prospecção de alunos e oferecer uma experiência incrível e valorosa dentro da sala de aula, é importante que o método utilizado pela escola seja atrativo para todas as idades.

Dessa forma, sua escola de idiomas poderá receber alunos de diversas faixas etárias e em diferentes estágios do aprendizado. Conforme eles avançam na língua, você será capaz de acompanhá-los e desafiá-los cada vez mais, proporcionando um aprendizado duradouro e recompensador.

A principal demanda do mercado atual diz respeito à forma com que o conteúdo é passado. Os estudantes de inglês não querem mais metodologias com foco gramatical, mas sim trabalhar a conversação com força e desde a primeira aula. Assim, é imprescindível que a escola de idiomas escolhida entenda essa necessidade.

Além disso, atualmente, pessoas de todas as idades buscam aprender inglês, e você deve ser capaz de atendê-las. Enquanto os pais procuram uma escola de idiomas cada vez mais cedo para seus filhos, muitos adultos e até mesmo pessoas na terceira idade começam a estudar inglês.

Essas pessoas querem melhores oportunidades profissionais, independência em viagens, novas experiências pessoais e culturais, e até então não tinham interesse, necessidade ou oportunidade de aprender o idioma. Portanto, todo público tem suas vantagens e necessidades, e seu método deve ser capaz de responder a tudo isso.

Como é o processo de aquisição de uma franquia?

Adquirir uma franquia apresenta algumas peculiaridades em relação à abertura de uma nova empresa. A seguir, vamos apresentar esse processo para que você entenda melhor como seguir esse caminho e tornar-se um empreendedor de sucesso. Confira!

1. Pesquisa

Como já mencionamos no tópico anterior, é fundamental pesquisar muito bem para decidir qual franquia de idiomas é a melhor opção para você, de acordo com seus objetivos. Além disso, as informações colhidas aqui serão muito importantes quando chegar a hora de marcar uma reunião com os franqueados.

2. Pré-cadastro e reunião

Encontrou a franquia que mais te interessa? Então faça seu pré-cadastro (essa opção costuma estar disponível no site da empresa) e aguarde o contato do Setor de Expansão da companhia. Vocês conversarão e, se você confirmar seu interesse, agendarão uma reunião presencial.

Nessa primeira reunião, você receberá mais detalhes sobre o funcionamento da franquia, as exigências da empresa e o que você precisa para instalar sua unidade.

3. Pré-qualificação e seleção

A pré-qualificação é o momento em que o franqueado verifica sua disponibilidade financeira para abrir a unidade, situação junto aos órgãos de proteção ao crédito, além de outras informações jurídicas, financeiras e comerciais.

Aqui são formalmente definidos, também, todos os detalhes quanto à instalação da sua franquia. Você receberá listas de fornecedores e prestadores de serviços credenciados junto ao franqueador e demais informações necessárias para tocar o negócio.

Até aqui, o processo ainda é de análise e negociação, sem nenhum compromisso firmado entre as partes.

4. Contrato de franquia

Hora de fechar negócio! O contrato de franquia descreve exatamente os deveres e direitos do franqueador e do franqueado, confirmando tudo o que havia sido previamente negociado.

Além disso, o contrato também dá a você o direito de explorar a marca, o modelo e a experiência do franqueador. Ou seja, você começa a carreira de empreendedor com todo o suporte de quem já sabe muito bem o que está fazendo e já conquistou seu espaço no mercado de ensino de inglês.

5. Investimento inicial, abertura da franquia e acompanhamento

Logo na primeira etapa — a abertura da franquia —, você já saberá qual é o investimento inicial necessário, incluindo as taxas cobradas pela franquia referentes a marketing, royalties e assessoria.

Ao abrir sua franquia, você terá todo o suporte necessário. Mas não se preocupe! Esse acompanhamento permanece enquanto o contrato for válido, ou seja, você sempre poderá contar com o auxílio e a experiência do franqueador na gestão de sua unidade.

Gostou de entender como você, que é fluente em inglês, pode se dar bem ao abrir uma franquia de idiomas? Quer entender mais sobre esse assunto? Curta nossa página no Facebook e fique por dentro de todo o nosso conteúdo!

Gostou do nosso post? Conheça nosso modelo de franquia no site www.topenglish.com.br/franquias/ 

Acesse um dos materiais abaixo e conheça mais sobre franquias

images 

Entenda os caminhos para adquirir uma franquiaConheça a franquia de sucesso, tenha seu próprio negócio!