Não é segredo para ninguém que a economia do país já passou por melhores momentos. Ainda hoje, porém, há possibilidades de investimentos que se mantêm rentáveis e são garantias de sucesso — como é o caso da franquia de idiomas.

Com um investimento inicial reduzido e a demanda comercial crescente, o risco da aposta é muito menor. Veja o que faz com que a franquia de idiomas seja uma ótima opção para investir em um negócio próprio:

O idioma estrangeiro ainda é um diferencial

Em um cenário de crise tão amplo como o atual, a disputa por boas vagas de emprego tende a ficar mais acirrada. Nesse ponto, o público que está em busca de realização profissional passa a valorizar mais aquilo que pode ser um fator de diferenciação.

No caso da fluência em um idioma estrangeiro, por exemplo, uma pesquisa da Catho, publicada no portal Exame, afirma que apenas 5% da população diz dominar algum. E, quando falamos especificamente da língua da rainha Elizabeth II, o número de pessoas que fala inglês fluentemente cai para 3%.

As franquias de idiomas ganham muito com isso. Apesar da turbulência dos outros setores, de acordo com a Associação Brasileira de Franquias, o segmento tem crescido entre 10% e 15% nos últimos anos.

Não é só uma questão de necessidade, mas de valor atribuído pelo público a esse tipo de qualificação. Então, oferecer essa solução de forma acessível e confiável é garantia de bons resultados.

Uma franquia de idiomas tem baixo custo

Além de tudo isso, o ramo de franquias oferece, para o investidor, seguranças que um negócio independente não consegue. Afinal, trata-se de um modelo de negócios que você pode conhecer — inclusive os rendimentos, os custos e os investimentos necessários — antes de se aventurar.

E fica ainda melhor para o mercado de idiomas quando se trata de microfranquias. Isso porque elas requerem um investimento inicial de até 80 mil reais apenas, além de permitirem acesso a linhas de crédito facilitadas.

Mas as vantagens não param por aí: todo franqueado conta com um suporte e uma consultoria dos franqueadores, igualmente interessados no sucesso do novo representante. O trabalho conjunto e capacitado potencializa as chances de sucesso!

A fidelização do cliente é regra

Outra razão que torna o investimento em franquias de idiomas uma garantia de sucesso é a tendência à fidelização dos clientes. Afinal de contas, o aprendizado de uma nova língua não e algo que acontece em pouco tempo.

Um aluno, caso seja atraído pela marca e se identifique com a metodologia, estará vinculado à empresa por meses ou anos. Tudo depende dos objetivos individuais e das facilidades oferecidas para solucionar as necessidades da clientela.

Nesse ponto, entretanto, é essencial ressaltar a importância de uma equipe de professores e funcionários de excelência, capacitada e motivada. Também é importante atentar-se aos seguintes aspectos:

  • qualidade da infraestrutura do negócio;
  • salas de aula;
  • material didático;
  • boa localização;
  • higiene, entre outros.

Porém, os recursos humanos são os principais ativos de uma empresa focada no ensino. Em outras palavras, a capacidade de estabelecer relações produtivas de afeto entre os funcionários e os clientes é primordial quando se está aprendendo uma nova língua.

Afinal de contas, um idioma estrangeiro é uma nova forma de compreender o mundo e de conseguir se comunicar. Esse processo acontece a partir de uma metodologia comprovada de aprendizado, mas também pelas sutilezas das relações — capazes de cativar ou não os alunos.

Bônus: como investir no setor?

Investir em bons professores e colaboradores, portanto, é o que pode trazer um grande diferencial rumo à garantia de sucesso de uma franquia de idiomas. Mas, agora que já sabemos por que esse tipo de negócio é uma oportunidade perfeita para o momento atual, você deve estar se perguntando: como começar?

É importante estabelecer critérios para encontrar uma boa empresa para se vincular. O sistema de franquias tem todas essas vantagens, mas, por outro lado, há alguns detalhes que requerem atenção, principalmente no que está relacionado à flexibilidade na relação entre franqueador e franqueado.

Veja, abaixo, duas dicas campeãs para se definir uma boa parceria:

1. Opte pelo franqueador que seja flexível

Um dos pontos mais importantes na hora de investir seu dinheiro em uma franquia é garantir que você tenha um contato próximo com o franqueador. Grandes redes podem se tornar uma cilada quando essa relação passa a se tornar etérea e distanciada.

Mesmo tendo em mãos um modelo de negócios com bons números, tirar as ideias do papel traz adversidades e imprevistos. Manter o nível de qualidade e aprender com o conhecimento acumulado de quem já passou pelo que você vivenciará é essencial.

Além disso, é importante que haja uma adaptação à realidade de cada franquia. Contratos muito engessados tendem a fracassar quando são postos à prova em contextos diferentes. Da mesma forma que o franqueador possui a essência daquela marca, as contribuições complementares dos franqueados também ajudam a compor o sucesso da rede.

2. Facilite condições para alunos e colaboradores

No caso específico das franquias de idiomas, esse é um valor que vem se destacando cada vez mais. Em momentos difíceis, ninguém tem “tempo a perder”: quanto mais o aluno puder adaptar o método de ensino à rotina, mais valor agregado aquela instituição terá.

Isso vale também para outras características do curso. É possível conversar abertamente e sem represálias sobre as percepções do professor? No caso dos investimentos em mensalidade, matrículas e material de ensino, como a escola facilita tudo para o estudante?

Há planos diferenciados para quantidades variadas de aula/mês, “pacote família” ou descontos por indicações de amigos? Esses são alguns exemplos de flexibilidade à realidade de cada futuro cliente que merecem atenção.

É claro que este artigo não tem a pretensão de encerrar o assunto. Os passos e motivos para estabelecer uma franquia de sucesso no caso das escolas de línguas são muitos e, caso você tenha se interessado, sugerimos que fale diretamente conosco, para que possamos continuar a conversa com mais calma.

Porém, esperamos que tenha ficado claro que este é o momento ideal para investir no segmento e, apesar de todas as adversidades, alcançar o sucesso desejado. Há uma frase, atribuída a Francisco de Assis, que resume bem o que deve ser feito em uma franquia de idiomas: “comece fazendo o necessário, depois o possível. De repente, estará fazendo o impossível”.

E então? Vamos continuar nossa conversa? Entre em contato conosco!