Será que evoluir em uma carreira executiva é fácil? De fato, diversas competências são exigidas no ramo empresarial. Exige-se que os colaboradores sejam capazes de obter os resultados esperados, além de deixar sua contribuição criativa e pessoal para que a empresa também possa avançar e se manter competitiva.

Sendo o inglês um idioma global, muitas vezes a fluência na língua é um diferencial contra um currículo recheado de experiências. Isso porque as relações exteriores se tornaram fundamentais para possibilitar mudanças e avanços qualitativos nas empresas, inclusive sua internacionalização. A simples ausência do domínio do inglês pode levar à exclusão do profissional de uma viagem de negócios ou mesmo prejudicar o fechamento de um importante acordo.

Além disso, há outras razões bastante importantes que devem ser consideradas quando existe o interesse de evoluir no meio empresarial. Por isso, listamos algumas vantagens práticas da fluência em inglês que fazem a diferença quando o assunto é avançar na carreira executiva.

Aumento de cargo e salário

Segundo uma pesquisa realizada por uma agência de empregos, conforme se aumenta o nível hierárquico, maior é o percentual de pessoas que dominam o inglês. A pesquisa foi realizada com foco comparativo entre pessoas que são fluentes e outras que têm apenas o domínio básico ou intermediário do idioma, avaliando 13 mil pessoas.

O resultado demonstrou que o salário pode ser até 61% superior para os fluentes em inglês em mesmo nível hierárquico. Para cargos de diretoria, por exemplo, a pesquisa aponta que quem domina apenas o básico pode ganhar até 42% a menos.

Pois é, essa já parece ser uma razão suficientemente grande para buscar a fluência em inglês como forma de alcançar cargos mais altos em uma empresa. Mas ainda tem mais!

Diferenciação profissional

No Brasil, a realidade também surpreende quando se trata de diferenciação profissional. Uma outra pesquisa realizada pela mesma empresa apontou que apenas 3% da população brasileira fala inglês fluentemente. Ou seja, dominar o idioma em nível avançado pode ser crucial para conquistar uma vaga ou cargo em um processo seletivo.

Isso porque, com equipes cada vez mais enxutas, as empresas estão dando preferência para a contratação de líderes e gestores que sejam capazes de dominar as relações exteriores, projetar a companhia internacionalmente e passar uma imagem confiável  em viagens de negócios. 

Além disso, alavancar na carreira executiva muitas vezes quer dizer alcançar um bom posto em uma multinacional, tornando o domínio do inglês quase um pré-requisito para a admissão.

Domínio de expressões específicas

O inglês, além de ser o idioma mais utilizado no mundo, é também amplamente utilizado nas áreas de marketing, vendas, empreendedorismo, inovação e negócios em geral. Diversas expressões, siglas e termos são apropriados sem tradução e usados corriqueiramente no dia a dia das empresas.

É muito comum, por exemplo, o uso diário de palavras como feedback, briefing, startups, hardsell, pitch, benchmarking ou brainstorm. E quando elas surgem, dificilmente são traduzidas, porque já se pressupõe que os colaboradores conheçam seus significados e aplicações no contexto de trabalho. São os chamados anglicismos do ramo empresarial.

Essas e outras palavras se tornaram essenciais para a compreensão das demandas, e a expectativa é que os colaboradores estejam cientes dos significados desses termos. Por isso, a fluência em inglês torna o cotidiano empresarial muito mais dinâmico e descomplicado. 

Variedade de conteúdos de apoio

É também porque a língua inglesa é o idioma dominante no meio dos negócios que se encontram muito mais publicações, livros e outros conteúdos disponíveis. De forma geral, os conteúdos em inglês são os mais abundantes. Na Wikipedia, por exemplo, encontram-se cerca de 980 mil artigos em português, contra quase 5,5 milhões em inglês.

A UNESCO (Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura) também disponibilizou uma pesquisa sobre a produção de livros anualmente em todo o mundo. Segundo os dados obtidos, enquanto 328 mil livros foram publicados nos EUA em 2010, no Brasil foram apenas 18 mil. Isso demonstra como a diversidade de conteúdo em inglês ainda é extremamente superior. E para aqueles que buscam se atualizar e alavancar a carreira, o estudo continuado e diferenciado é imprescindível.

Facilidade em cursos conceituados

É por isso também que a busca por cursos online pode ser determinante para conquistar novos patamares na carreira executiva: a graduação é o nível mais básico para o ramo. E o melhor de tudo é que diversas universidades conceituadas em todo o mundo oferecem cursos gratuitos de especialização com certificação. São alguns exemplos Harvard, Cambridge, Stanford e o MIT (Instituto de Tecnologia de Massachussetts), que disponibilizam aulas com professores altamente conceituados em diversos segmentos.

Entretanto, esses cursos requerem fluência no idioma, porque as aulas não são traduzidas. De forma geral, elas até acompanham algum tipo de legenda ou conteúdo de apoio, mas que também são restritos à língua inglesa. Não dominá-la com certeza é um empecilho para o aprendizado.

Parcerias internacionais

No cotidiano do trabalho, a fluência também pode auxiliar para o estabelecimento de parcerias e apoios internacionais. Seja para consolidar uma venda, para adquirir um software de serviços ou mesmo para fechar a participação em um evento como publicização da empresa, dominar o idioma fará toda a diferença.

Quando não há o domínio da língua por uma das partes, é comum que ocorram falhas na comunicação. Alguma definição pode ficar confusa ou até o preço de um serviço pode não sofrer desconto por falta de habilidades comunicativas. Por isso, a fluência possibilita uma negociação mais eficiente, assertiva, com menos ruídos e, quem sabe, até mais econômica.

Viagens pelo mundo

A possibilidade de viajar pelo mundo representando a empresa é algo que citamos no início do post. Se esse é um dos desejos e objetivos das pessoas que buscam carreiras no ramo empresarial, é determinante conhecer o idioma global.

As maiores decisões ou mesmo as que movimentam grandes quantias de dinheiro costumam ser feitas pessoalmente, e para isso, será necessário realizar viagens de negócios. Multinacionais e empresas que buscam se internacionalizar precisam de pessoas capazes de manter conversas livres de erros semânticos ou de concordância, até porque elas são a imagem da empresa mundo afora.  

De forma geral, o domínio da comunicação em qualquer idioma torna todas as relações profissionais mais fáceis. No caso da carreira executiva, não é diferente. Entretanto, a fluência em inglês permite ainda mais possibilidades e avanços, porque o meio requer constantes relações internacionais e aprimoramento.  

Por isso, se você quer crescer profissionalmente nesse ramo, entre já em contato com a Top English e esteja vários passos à frente de seus concorrentes ao conquistar sua fluência em inglês.