Quando se aprende a língua inglesa ou qualquer outro idioma, percebemos o quanto é importante saber dominar a conversação. O caminho até a fluência é longo e, para a grande maioria dos estudantes, esse é um obstáculo difícil de superar. Por ser uma atividade que exige interação, é normal sentir um certo receio. Algumas pessoas sabem falar, mas travam na hora de conversar com alguém. Para te ajudar, no post de hoje vamos explicar quais são os principais motivos para travar na conversação e dar 8 dicas de como superar esses obstáculos, destravar a língua e falar inglês de forma fluente. Confira!

Por que a minha língua trava na hora de conversar?

A dificuldade já começa no fato de a língua inglesa ser vista por muitas pessoas como um idioma difícil de ser aprendido, e com uma pronúncia muito complicada. O que elas não sabem é que o nosso querido português, tão fácil para nós, é que é considerado a língua mais difícil de ser aprendida pelos gringos. Eles têm mais dificuldades em aprender o nosso idioma do que nós em aprendermos o deles, pode ter certeza!

Muitos conseguem estudar, ganham vocabulário, têm um desenvolvimento excelente do idioma, mas não conseguem conversar, não conseguem colocar para fora aquilo que aprenderam. Às vezes sabem falar, mas quando conversam com nativos sentem-se inseguros, mesmo já sabendo pronunciar e estando acostumados a conversar. Travam mesmo. E o único jeito de destravar para falar inglês de verdade é, obviamente, falando.

O inglês está em todo o lugar

O que as pessoas precisam ter em mente é que a língua inglesa está inserida em praticamente tudo no dia a dia: Facebook, Twitter, Whatsapp, Instagram, Snapchat, WordPress, etc. Tudo gira em torno do inglês e ficou praticamente impossível fugir dele. Por isso não é preciso ter insegurança, entrar em desespero por causa disso, e travar a língua na hora da conversação. Porque, mesmo que você não perceba, o inglês já está inserido no seu cotidiano há muito tempo.

Portanto, não tenha medo de falar, de errar a pronúncia de alguma palavra. É uma preocupação boba, afinal ninguém nasce sabendo e é por meio do erro que se aprende.

Seja como uma criança!

A criança não aprende a falar sozinha. Ela vai escutar outras pessoas falando, entender algumas coisas, outras não. O cérebro dela estará guardando informações. E a partir daí, começará a repetir o que aprendeu, do jeito dela, sem ter a preocupação de estar certo ou não. É normal a criança falar muita coisa errada, e ir melhorando como o passar do tempo.

É por isso que ela aprende muito mais rápido do que um adulto, porque não está preocupada em aprender, necessariamente. Ela está apenas repetindo o que ouviu e, assim, não cria nenhum tipo de obstáculo em sua mente. E isso torna tudo mais fácil. E o mesmo vale quando queremos aprender a falar um novo idioma.

Antes de falar, temos que ouvir (e ouvir muito!). E quando chegar a hora, falar sem constrangimento, sem receio de errar; como a criança, gradativamente, estaremos falando perfeitamente.

8 dicas para destravar a conversação e falar inglês de forma fluente

Confira a seguir algumas dicas que podem ajudar você a destravar o seu inglês, como vencer a barreira e soltar a língua:

1) Não tenha medo de errar

Quem quer aprender inglês não pode ter medo de errar, porque você vai errar, todo mundo erra. É praticamente impossível aprender alguma coisa sem errar antes. Quem fala que tem medo de errar, por isso não consegue falar, está se punindo por algo que não deveria. Não erramos, mesmo falando em português? Por que seria diferente em inglês?

A exposição ao idioma e ao erro são essenciais para o aprendizado. É claro que é excelente acertar, mas quando os erros são corrigidos, eles são bem mais difíceis de serem esquecidos.

2) Leia em voz alta para si mesmo

Quando o assunto é conversação em inglês, o hábito da leitura pode ajudar em vários aspectos. Além da possibilidade de aumentar o vocabulário, a leitura auxilia na fluência da fala quando fazemos em voz alta.

Para que você destrave a sua língua, procure ler em voz alta os textos para si mesmo em uma sala fechada. Principalmente quem é muito introvertido, se sente um pouco envergonhado com a sua pronúncia e não gosta muito de falar com as pessoas. Uma vez por dia dedique, pelo menos, de 10 a 20 minutos a essa atividade, de tal forma que você vá destravando a sua língua. Não se preocupe se não está pronunciando direito no início, se você não consegue falar rapidamente, isso não é importante.

Mais importante do que você falar rápido ou falar com a pronúncia apropriada, é você destravar a sua língua em inglês.

Comece aos poucos, escolhendo textos adequados ao seu nível de conhecimento.

3) Assista a vídeos em inglês e com legendas também em inglês, e imite as pessoas que falam no vídeo

Para treinar o seu ouvido, procure na internet vídeos de temas de que você gosta e assista com as legendas em inglês.  

O inglês escrito é muito diferente em relação à forma como é pronunciado. Por isso vá repetindo, copiando a pronúncia de quem está falando; para que você possa ter um maior entendimento e aprimorar ainda mais a sua pronúncia.

Você também pode começar com filmes que já tenha assistido e conhece a história, para testar sua capacidade de compreensão. Outra dica legal é assistir a filmes de ação, que possuem frases mais curtas e objetivas. Não opte por romances épicos, pois trazem um vocabulário de difícil compreensão, nem por comédias, que têm muita gíria.

4) Repetir, repetir, repetir

Quando você ouvir uma palavra, repita. Uma frase, repita várias vezes. Porque a repetição vai fazer com que você memorize mais, trabalhe a sua pronúncia. Se você errar, tudo bem. Porque quando você erra, você aprende mais. Na verdade, você aprende duas vezes mais rápido, porque você sempre vai lembrar do que você falava errado.

5) Ouvir, ouvir, ouvir

Para cada momento de conversação, invista em mais horas de listening (capacidade de compreensão oral). Além de vídeos e filmes, como foi mencionado acima, ouça podcasts, rádios, audiolivros e músicas em inglês. Isso ajudará a aprimorar o seu nível de entendimento nas conversas. Ouça quantas vezes achar necessário.

Quanto mais você ouvir coisas em inglês, mais fácil será a sua adaptação ao desenvolvimento da sua fala e pronúncia.

6) Use a tecnologia a seu favor

Se você tem um celular com câmera, grave um vídeo de você mesmo falando em inglês. Depois que você se assiste falando, você percebe os seus erros, e é dali que você consegue extrair o que você precisa melhorar.  Esse é o melhor jeito de você se autoavaliar.

No começo vai ficar um pouco ruim para você, vai falar mal, falar errado, mas esse mico você vai pagar sozinho na sua casa. Quando tiver que falar na frente de outras pessoas, em uma aula em grupo ou na frente de amigos, você vai estar acostumado a falar inglês e isso vai ficar muito mais simples para você.

7) Pratique usando a Técnica de Voice Over

Essa técnica é simples. Você vai ouvir um arquivo de áudio várias vezes e prestar atenção na pronúncia, no ritmo, na entonação e nas pausas. Enquanto você estiver ouvindo o áudio, vá acompanhando fazendo a leitura do texto. De início, você deve parar e repetir, mas isso é normal. Com o tempo, tente falar tudo ao mesmo tempo que a pessoa do áudio. Repita este processo várias vezes, sempre com o mesmo áudio. Vai chegar um momento em que você estará repetindo tudo naturalmente, sem precisar ler o texto.

Conforme for progredindo, vá aumentando o grau de dificuldade dos áudios.

8) Aprenda em inglês os temas de que gosta

Procure aprender tudo sobre algo de que você gosta muito, em inglês. Você vai ter muito mais energia para aprender a língua deste modo.

Quanto maior for a sua habilidade, melhor será para o seu aprendizado.

Dicas extras

Tenha confiança

Ter insegurança para falar na frente de outras pessoas é natural. É muito mais fácil falar em público quando você já tem uma certa experiência, já tentou falar com alguém alguma vez.

Quanto mais você tiver treinado, mais segurança terá na pronúncia e melhor vai se sentir quando precisar se expor para outras pessoas. Esse treino é diário. Se você tem meia hora ou uma hora por dia, não importa. Quanto mais você treinar melhor você vai ficar.

É preciso ter confiança, meter a cara mesmo! Se você errar, qual o problema, afinal, você não está em um processo de aprendizagem?

Tentar, tentar, tentar, até conseguir

Quando você não consegue fazer alguma coisa, vai tentar, tentar, tentar, até conseguir. É exatamente isso que você fará com a sua pronúncia: se você é travado, você vai treinar, treinar, treinar, até conseguir. Você é capaz,  já fala português, e vai aprender a falar inglês sem problema nenhum.

Conclusão

E aí, gostou dessas 8 dicas para destravar a conversação e falar inglês de forma fluente? Falar inglês muda a vida da gente para melhor, surgem oportunidades de trabalho, as viagens são bem mais legais… Então, a partir do momento em que você abrir a sua mente e perder o medo de errar, você perceberá que será muito mais fácil aprender o idioma. Na verdade, não há uma fórmula mágica que faça você falar inglês de um dia para o outro. O que existe é uma mistura de prática e persistência para que essa habilidade seja desenvolvida.

Se você não consegue destravar para falar inglês, vale a pena seguir essas dicas e começar a destravar ainda hoje. Afinal, elas só funcionarão se você colocá-las em prática!

E então, pronto para arrasar na sua conversação em inglês?

banner-site_blog_-_2_artess