A cada ano, novas tendências de negócios vão surgindo e os empreendedores devem estar atentos, caso contrário podem ficar para trás e perder grandes oportunidades. Conhecer as tendências do empreendedorismo é apenas um dos segredos para ter sucesso. Essa é uma ótima ideia para quem pretende criar uma empresa ou adaptar seu negócio a uma nova realidade; afinal, os consumidores estão cada vez mais conscientes e em busca de novas soluções. Quer saber quais são as tendências do empreendedorismo que você precisa estar atento em 2019? No post de hoje você vai conhecer as 9 principais, analise-as e tenha boas perspectivas para montar um negócio de sucesso! Confira! 

É essencial saber identificar as tendências do empreendedorismo

Pode-se dizer que para este ano de 2019 o que está em alta é basicamente a tecnologia e todos os benefícios que ela tem para oferecer. Sabemos que o mercado está em constante movimento e cada vez mais é perceptível que diferentes tecnologias vêm desempenhando papel fundamental na rotina das empresas. Por isso, se o seu segmento ainda está em uma plataforma de sustentação baseada em esforços manuais, é hora de ir atrás de novas alternativas. As tecnologias atuais permeiam os mais variados setores de negócios e podem até impulsioná-los.

Assim, identificar as principais tendências do empreendedorismo é primordial para que o seu negócio se diferencie da concorrência já estabelecida e crie diferenciais competitivos. É necessário não apenas olhar para o tipo de produto/serviço que está em alta demanda no momento, mas também para as perspectivas futuras. Você deve estar sempre atualizado, para que você se mantenha competitivo, possa identificar para onde seus clientes estão indo e quem pode ser seus novos clientes. Mas como identificar essas tendências? Um método bastante conhecido e comum são as pesquisas, que podem ser feitas de forma on-line. 

Depois de serem identificadas, essas tendências atraem os empreendedores que desejam abrir novas empresas ou adaptar o seu negócio com essas perspectivas.

9 tendências do empreendedorismo que você precisa estar atento em 2019

Algumas tendências permanecem para o ano seguinte, outras se transformam, e existem aquelas que desaparecem ou são substituídas. Neste ano, muitas ideias surgiram e possivelmente outras mais irão surgir. A seguir, conheça as 9 principais tendências do empreendedorismo que você precisa estar atento em 2019:

1) Home Office

Hoje muito se fala a respeito dos novos modelos de gestão de equipes em trabalho remoto. O home office é uma tendência para 2019 porque apresenta vários benefícios, tanto para as empresas quanto para os funcionários. Se você decidir ser um empreendedor virtual – o que pode ser alcançado sem maiores problemas diante das condições tecnológicas atuais -, saiba que o trabalho remoto já é a realidade de muitos brasileiros. 

O home office melhora a produtividade, reduz custos do profissional, com estrutura física e burocracias, e melhora a qualidade de vida. Para que o sistema funcione, é necessário investir em ferramentas que facilitem e auxiliem a gestão do negócio e a comunicação à distância entre os membros da equipe.

2) Segurança Digital

Outra tendência que deve se expandir ainda mais é o mercado de segurança digital. A venda de softwares de segurança digital e os serviços relacionados ao ramo devem seguir em crescimento neste ano de 2019. Ao mesmo tempo que cresce a conectividade e o compartilhamento dos mais variados tipos de informações entre as pessoas, cresce também a preocupação com a segurança digital de dados.

O Regulamento Geral sobre a Proteção de Dados (RGPD), criado em 2018 pela União Europeia, trouxe um novo quadro para o setor, mostrando uma grande preocupação de várias empresas para a adaptação ao novo sistema.

Até as empresas que não se localizam no território europeu podem ser prejudicadas se recolherem dados dos usuários residentes na Europa. Elas terão que prestar contas às instituições responsáveis. 

3) Economia colaborativa

Uma das tendências do empreendedorismo para 2019 é investir na troca de serviços e objetos. O conceito de economia colaborativa, que também é denominada como economia compartilhada ou em rede, vem sendo visto como um movimento que visa conscientização das pessoas para que se busque uma percepção diferente do mercado e das relações de consumo. Implica em uma economia na qual os bens e os serviços são obtidos de forma compartilhada pelas pessoas. Em virtude do agravamento dos problemas sociais e ambientais, é muito mais vantajoso dividir os recursos do que acumulá-los. 

Por ser um modelo de negócio baseado no compartilhamento, tanto quem oferece o produto/serviço quanto quem usa, são beneficiados. E a sua empresa pode ser a mediadora dessa relação de troca. 

Para citar um exemplo prático, imagine que alguém precise de uma serra elétrica. Nesse caso, ao invés de ir até uma loja de materiais de construção e adquirir uma, ela  pode usar um app desenvolvido por você para alugar esse objeto de uma outra pessoa. Você também pode criar espaços compartilhados para que as pessoas utilizem-no como escritório para trabalho, como os espaços de coworking. 

Serviços que utilizam esse conceito, como Uber, comprovam que essa tendência vem crescendo. É uma ótima forma para que as pessoas e as empresas consigam reduzir os seus gastos. 

A economia compartilhada abre espaço para a inovação e, assim, para a concorrência. Portanto, a tendência é que esse modelo de negócio cresça cada vez mais.

4) Franquias

Ainda vale muito a pena investir no setor de franquias, porque são negócios testados e aprovados. Os segmentos de alimentação saudável e de serviços inovadores, por exemplo, estão constantemente em alta. 

As franquias on-line podem ser administradas de forma remota, sem a necessidade de um endereço ou estrutura física. As principais vantagens deste modelo são o custo inicial mais baixo, a quebra das barreiras geográficas, a escalabilidade e a flexibilidade. 

5) Finanças

Fintech é a tendência do momento. Fintech (do inglês: finance and technology) é um termo que surgiu da união das palavras financial (financeiro) e technology (tecnologia). São predominantemente startups que trabalham para inovar e otimizar serviços do sistema financeiro. Essas empresas possuem custos operacionais muito menores comparadas às instituições tradicionais do setor (oferecem serviços bancários, cobrando bem menos que os bancos).

Você pode começar a atuar na área, por exemplo, investindo e desenvolvendo negócios inovadores como crowdfunding, organização e planejamento financeiro, e-commerce, Bitcoins.

6) Sustentabilidade

A ecoinovação é um dos destaques neste ano de 2019. É uma estratégia empresarial que tem como inspiração a sustentabilidade para criar modelos diferenciados de negócios. Visa aumentar a competitividade das empresas com base na adoção de práticas de responsabilidade socioambiental. 

Você pode entrar nesse setor inovando em produtos e serviços relacionados ao emprego de insumos e recursos de forma eficiente. Por exemplo, você pode investir em energias alternativas, como a eólica e a solar; reutilização de resíduos, como reciclagem e compostagem; construções inteligentes, entre outros.

7) Realidade Virtual

Como falado anteriormente, a tecnologia está ocupando cada vez mais o papel principal nas empresas. Não há dúvidas de que a realidade virtual já é tendência para 2019 e exemplo de um negócio promissor. O desenvolvimento tecnológico facilitou o acesso aos recursos de imersão. 

Esse mercado impacta em diferentes setores, desde a indústria do cinema, como os filmes 3D, ao mercado imobiliário, que podem levar o cliente a conhecer um imóvel a partir da realidade aumentada. É uma área que borbulha com novas propostas e startups. 

A realidade virtual veio como uma das melhores oportunidades de negócios. É um dos setores com potencial para serem lucrativos por muitos anos futuramente.

8) Serviços de Automação

Essa é uma tendência que deve ficar ainda mais forte nos próximos anos. Mesmo tendo a preocupação da substituição da mão de obra humana em todos os setores, os cientistas contemporâneos defendem a tese de adaptação dos empregos tradicionais para novas atividades do mercado. 

Os serviços automatizados geram economia de tempo e recursos, além de elevar a produtividade das empresas para um outro nível. O marketing já utiliza muitas ferramentas:  chatbots estabelecem comunicação com clientes, plataformas enviam listas de e-mail, aplicativos criam relatórios para análise de dados. 

Lembrando que a automação pode ser usada em qualquer segmento de mercado.

9) Marketing interativo 

Outra tendência em larga expansão é o mercado de marketing interativo, que está cada vez mais evoluindo para tratar melhor o seu cliente. Acompanhando as transformações sociais e as inovações tecnológicas, está cada vez mais on-line e interativo. 

A ação de marketing visa interagir com o público diante das suas respostas, formular novas ações e interações. Com isso, o cliente é beneficiado pela adequação do produto/serviço às suas preferências. Tendo como base as informações recolhidas, a empresa deve se adaptar às novas expectativas dos consumidores e fazer as modificações necessárias para melhor atendê-los.

O objetivo não é apenas adquirir clientes, mas também recolher dados sobre eles, atraí-lo e interagir com a marca, criando relacionamentos mais duradouros e profundos.

Há no mercado ferramentas para realizar essa tarefa. São os bots, programas que simulam uma pessoa na conversação. Você pode investir na criação desses programas e oferecê-los para as empresas. 

Conclusão

Essas foram as 9 principais tendências do empreendedorismo que você precisa estar atento em 2019. Mas além de conhecê-las, para que você descubra e defina um diferencial para o seu negócio, é importante ter um bom planejamento, disciplina e dedicação. 

Investir em algo só pelo fato de ser tendência não é garantia de ter resultados positivos. Entretanto é importante perceber que o mercado é flutuante, acompanhando a sociedade e as novas tecnologias. 

Lembre-se de que estamos na era digital, inovações acontecem o tempo todo; e quem inova sempre possui mais chances de ter uma empresa bem-sucedida. 

Portanto, fique atento às tendências, identifique oportunidades, planeje os caminhos mais vantajosos para a sua empresa e trabalhe; trabalhe muito, e faça da sua empresa um negócio de sucesso!

banner-site_blog_-_2_artes