Não é novidade para ninguém que ter um segundo idioma traz diversos benefícios para a vida pessoal, acadêmica e profissional. Ser fluente em inglês nos dias atuais significa estar no topo da lista de praticamente todos os setores do mercado de trabalho. Mas estudar uma nova língua exige dedicação e esforço, aprender inglês não se resume em decorar palavras e fazer atividades gramaticais. Além de se preparar em um bom curso, é preciso desenvolver técnicas para inserir a língua no dia a dia e, com isso, melhorar todo o processo de aprendizagem. Existem atividades essenciais que auxiliam na fixação dessas novas informações e ajudam no caminho rumo à fluência. A pergunta é: como fazer isso com regularidade? Como trazer o inglês para o cotidiano? No post de hoje elencamos algumas dicas de atividades extras para treinar o inglês em casa. São tarefas que irão ajudar você a estudar regularmente e a inserir o inglês nos seus hábitos diários.

Confira a seguir!

 

Por que treinar inglês em casa com atividades extras?

Treinar inglês em casa com atividades extras pode ser bastante produtivo, até mesmo divertido! 

A pandemia fez com que aumentasse consideravelmente o número de aulas on-line. Esse foi um facilitador para que muitos engajassem nos estudos do idioma. Mas com a liberação das aulas presenciais, muitas pessoas relaxaram e estão parando de estudar em casa – o que é um erro, pois já é constatado que, estudando diariamente, o aluno consegue reter o que aprende, melhora o processo de aprendendizado e entendimento da gramática, escrita e pronúncia. 

 

Dicas de atividades extras para treinar o inglês em casa

 

Se você quer treinar o inglês em casa e fazer com que isso vire um hábito, mas não sabe por onde começar, nós da Top English vamos te ajudar. Basta fazer com que o idioma faça parte da sua vida cotidiana.

Como? Preste atenção nessas dicas de atividades extras que separamos para você:

 

# Escreva as tarefas diárias em inglês

Para quem gosta de enumerar as tarefas do dia, comece a escrever tudo em inglês. Assim você conseguirá praticar bastante o idioma. Ao anotar a lista de compras, por exemplo, será muito útil para ampliar o seu vocabulário – especialmente se você tem o desejo de morar no exterior. Quando se der conta, vai estar com o nome de vários objetos e comidas que encontramos no mercado na ponta da língua.

 

# Utilize Flashcards

Faça uso – mas use mesmo, sem pena – de flashcards. Anote palavras e suas traduções. Se quiser coloque frases dentro do contexto do significado da palavra em inglês; e espalhe-os pela casa. Cole na geladeira, no espelho do banheiro, do quarto, ao lado da TV, enfim, onde o seu olhar alcançar. Isso fará com que seu cérebro fique ainda mais estimulado a aprender a língua inglesa.

Vale ressaltar que é fundamental escrever tudo à mão, nada no computador e imprimir. Quando se escreve, áreas do cérebro que fortalecem as conexões neurais são estimuladas e, com isso, colaboram na retenção daquilo que escrevemos na memória.

 

# Ouça músicas em inglês 

Quem não gosta de ouvir uma boa música, não é verdade? Escutar músicas em inglês é algo que qualquer pessoa pode fazer a qualquer hora do dia! Uma prática simples e prazerosa no seu dia a dia e que ajuda muito nos estudos da língua. Selecione canções de sua preferência e tente entender o significado da letra. Certamente você vai identificar e aprender novos termos. Cante para treinar a pronúncia, por exemplo, não tenha medo de errar. No começo você vai se perder, vai ficar para trás tentando acompanhar a letra. Mas ouvindo e cantando várias vezes, seu ouvido irá se acostumar e você conseguirá acompanhar. Com o tempo você vai compreender as letras de primeira. 

Procure ouvir a música uma vez e tente compreender o máximo que conseguir. Ouça novamente, dessa vez acompanhando a letra (procure a letra em um site confiável). Anote todas as palavras e expressões desconhecidas. Por fim, ouça sem a letra tentando perceber se você consegue ter um melhor entendimento da canção.

Com essa prática você amplia seu vocabulário, melhora sua pronúncia e passa a conhecer diferentes sotaques.

 

# Relembre seu dia em inglês

Ao deitar, pense no seu dia, o que você fez, o que comprou, o que comeu, com quem conversou, etc.; mas tudo em inglês! Aproveite para pensar – também em inglês – no que você irá fazer no dia seguinte. Com essa prática você estará treinando os verbos no passado e também no futuro.

 

# Assista a filmes e séries em inglês

Uma das melhores dicas de atividades extras para treinar o inglês em casa é assistir a filmes e séries em inglês. Escolha algo de que goste, que já tenha assistido e esteja familiarizado com a história. Dessa forma ficará mais fácil assistir com o áudio e legenda em inglês. Assim, além de ouvir, você vai ler, associando palavras faladas e ouvidas. Com a legenda na língua inglesa você pode ver como são as construções das frases, como as palavras são escritas, além de aprender novas expressões e gírias. Anote todas as suas dúvidas para posterior pesquisa. Tente entender o que aquela palavra significa e qual é o contexto em que ela está sendo utilizada. Com o tempo, retire as legendas. 

Fazendo isso você desenvolverá bastante suas habilidades de listening, speaking e até reading. Você vai aprender novas expressões e palavras naturalmente. 

 

# Jogue games em inglês

O universo dos games é enorme. Há uma infinidade de jogos de todos os tipos para todos os gostos. Muitos deles são em inglês. Com as constantes atualizações, você estará sempre antenado com as novas gírias e expressões. Sem contar que há games em que se pode jogar com pessoas de qualquer parte do mundo!Praticando sempre, você ampliará bastante seu vocabulário.

 

# Converse em inglês

Muitos alunos encontram mais dificuldade na hora de praticar o speaking. Tente criar o hábito de praticar com alguém que esteja aprendendo junto com você, pelo menos uma vez por semana. Se houver um membro da família que fale inglês, combine com ele para falarem no idioma sempre que possível. 

Essa prática lhe ajudará no desenvolvimento da pronúncia e audição.

 

# Faça gravações em inglês

Se você for do tipo acanhado, ou acha que ainda não está preparado para encarar um speaking, grave vídeos ou áudios falando em inglês. Isso funciona muito bem. Depois pare para ouvir e preste atenção nas suas falas. Vá corrigindo erros de pronúncia, coerência… Aos poucos você vai perdendo o medo, até conseguir se comunicar naturalmente com outras pessoas.

 

# Leia em inglês diariamente

Se você é um leitor ávido, essa dica de atividade extra para treinar o inglês em casa vai fazer com que você dê um up na aprendizagem do idioma. É fundamental ler livros e/ou artigos na língua inglesa diariamente. Isso o ajudará na hora de construir frases com coerência e a memorizar expressões e termos. 

Procure por assuntos do seu interesse, anote tudo o que for desconhecido para você e pesquise o significado.

Tente ler pelo menos um artigo todos os dias ou um trecho de um livro. Você perceberá que o hábito da leitura fará com que você progrida nos estudos a cada dia.

 

# Escreva em inglês

Escreva textos em inglês, não importa o tamanho, mas escreva. É uma excelente forma de inserir o idioma na sua rotina e praticar o writing. Se preferir, faça um diário, conte sobre sua vida, seu dia a dia. Mesmo que não vá mostrar para outras pessoas, escrever na língua inglesa é fundamental para aperfeiçoar o aprendizado. Afinal, você terá maior familiaridade com a parte estrutural e gramatical das frases. Por isso a importância do hábito da leitura citado na dica acima: o maior contato com a palavra escrita facilita na hora de escrever. Pouco a pouco você vai aprendendo a construir frases com mais naturalidade. Se precisar fazer uma redação, por exemplo, não será um bicho de sete cabeças.

 

# Faça cópias de textos em inglês

Todos os dias ou a cada dois dias, separe cerca de 20 a 30 minutos para fazer cópias de pequenos textos em inglês. Copie de próprio punho, palavra por palavra e vá marcando o que for desconhecido para você. Foi um exercício que ajudou bastante no desenvolvimento das habilidades da nossa língua materna; e com o inglês não será diferente. Esse hábito ajuda na melhora da escrita, a aprender a ler com atenção, a assimilar a ortografia das palavras, a compreender a coerência textual, entre outros.

 

# Veja vídeos no YouTube e ouça podcasts

Quer algo melhor do que ouvir um podcast em inglês? Nada está tão em alta atualmente quanto os podcasts , não é mesmo? E o bom é que os assuntos são os mais variados possíveis como entretenimento, esporte, educação, cultura, moda, dicas de inglês, etc.. Escolha o que lhe agrada e deixe rolar enquanto faz outra tarefa. Ouça quantas vezes achar necessário. 

No YouTube também há milhares de conteúdos em inglês. Dê preferência aos canais nativos. Assim você aprende a língua inglesa falada mais informalmente, além de aprender sobre hábitos e costumes de diferentes culturas.

 

# Leia em voz alta 

Crie o hábito de ler em voz alta. Seu cérebro estará ativo enquanto lê e isso contribui para estimular a visão, a fala e a audição. Ler em voz alta é o que todos deveriam fazer para aprender o idioma. Vá para um local isolado, relaxe e leia em alto e bom som para você mesmo. Escolha um texto confortável para você, algo de que goste, que tenha familiaridade. Se puder, grave sua leitura e vá acompanhando seu progresso. Salve os arquivos gravados e grave a leitura do mesmo texto várias vezes. Com o tempo, você poderá comparar as gravações e notar as melhoras. Isso fará com que você possa estar atento a sua pronúncia, na maneira como você fala. Ao mesmo tempo estará se policiando para evitar erros, verificar o que deve ser melhorado, etc..

Com certeza essa prática irá alavancar o seu listening

 

# Revise sempre!

Nunca deixe de revisar tudo que aprendeu, seja inglês ou qualquer outra coisa. Não se acomode, pois podemos esquecer aquilo que nos esforçamos tanto para aprender. Muitos caem no erro de achar que revisar se resume a fazer atividades de gramática e vocabulário do inglês. Não! Você precisa rever seus flashcards, reler os textos copiados, ouvir novamente a leitura feita em voz alta para conferir se está mesmo melhorando… Enfim, revisar ajuda a estimular o cérebro a relembrar das informações armazenadas. 

É claro que esquecer é absolutamente normal, principalmente se largamos de mão. Por isso devemos ter esse hábito de revisar tudo o que se aprende, sempre. 

 

Conclusão

Essas são algumas dicas de atividades extras para treinar o inglês em casa. Selecionamos as melhores tarefas para ajudá-lo a estudar diariamente e, assim, desenvolver as habilidades no listening, writing e speaking. Esperamos que você consiga inserir o idioma na sua rotina e que, com o tempo e insistência, essa prática se torne parte da sua vida. Principalmente se você almeja adquirir a tão sonhada fluência.

Nunca se esqueça de que você, unicamente você, fará a diferença nos seus estudos de inglês. Coloque em ação essas dicas e você perceberá a sua evolução naturalmente. Lembre-se: praticar, praticar, praticar. 

See u!

podcast