Já falamos inúmeras vezes e não cansamos de repetir que o inglês é o idioma das relações de negócios em todo o mundo. Que já não é mais um diferencial, mas uma necessidade. E se você deseja crescer profissionalmente e conquistar boas vagas, não adianta fugir: precisa ser fluente. Isso porque mais cedo ou mais tarde você terá que falar com pessoas que moram em outro país e – pode ter a absoluta certeza – a língua inglesa será o idioma escolhido para isso. É por esse motivo que as empresas que oferecem vagas incríveis e que exigem fluência já não aceitam apenas o currículo e testes escritos, elas estão incluindo em seu processo seletivo entrevistas em inglês, presencialmente ou por ferramentas de interação como o Skype. Se o seu inglês não é bom o suficiente para participar de uma entrevista e se destacar no mercado, esse post é para você. Para ajudar, separamos algumas dicas para você se preparar para uma entrevista de emprego em inglês; para que você possa arrasar nessa etapa do recrutamento e conquistar a tão sonhada e disputada vaga. Confira!

 

Fluência em inglês: tendência irreversível no mundo empresarial

A globalização fez com que as empresas passassem a enfrentar um novo cenário político e econômico. Hoje elas negociam com parceiros, fornecedores e clientes de várias partes do mundo. Com isso o inglês deixa de ser requisito desejável para ser obrigatório. A falta de domínio do idioma passa a ser um obstáculo que impede o crescimento do negócio, afinal, a empresa não pode correr o risco de não ter seus interesses bem representados.

 

Outro fator importante foi a chegada da Pandemia, que criou um cenário de novas oportunidades e expandiu horizontes de muitos profissionais, mas, simultaneamente, passou a exigir candidatos cada vez mais qualificados, inclusive na língua inglesa.

 

Por tudo isso, a proficiência em inglês como fator essencial para contratação é uma tendência irreversível. As empresas precisam saber o nível de inglês do candidato, já que isso será exigido na rotina de trabalho. Portanto é critério importantíssimo para o profissional ganhar destaque no mercado. 

 

Dicas para entrevista de emprego em inglês

Muitos profissionais possuem um bom conhecimento do idioma, mas não se preparam para a entrevista de emprego em inglês da forma adequada. E isso acaba resultando na perda da vaga. Para não correr o risco de acontecer o mesmo com você, preste atenção nas dicas que elencamos a seguir. Procure segui-las para você não fazer feio na “hora da verdade” diante do recrutador:

# Não fale rápido

É muito comum as pessoas tentarem falar rápido quando querem falar bem. Isso é um erro! É fundamental que o entrevistador entenda o candidato. 

Portanto, fale pausadamente, escolha bem as palavras e preste atenção na pronúncia.

 

# Fale apenas o necessário

Em uma entrevista de emprego em inglês (na verdade, em qualquer entrevista) o quanto se fala é primordial. Um erro comum é o candidato achar que estará correndo menos risco de errar se falar pouco. Mas sem conteúdo, como o avaliador irá identificar o seu nível de fluência? Certamente encontrará dificuldade. Se o assunto for estendido demais, pode acabar falando coisas fora do contexto e desnecessárias. 

Por isso o candidato deve falar o suficiente para ser avaliado. 

A pessoa que estiver entrevistando precisa avaliar o seu domínio e o seu perfil. Portanto tente evitar apenas o yes ou no. Dê respostas completas, mostrando suas aptidões e pontos positivos.

 

# Assuntos devem ser propostos pelo entrevistador

Em uma entrevista de emprego em inglês, o candidato deve ter em mente que somente o entrevistador sabe dos aspectos importantes para a empresa em questão. Portanto, ele deve conduzir as perguntas. Se você impuser o que falar, pode dar a impressão de que decorou algumas frases ou se preparou para falar sobre esse determinado assunto. 

 

# Fuja de respostas decoradas

Engana-se quem acha que pode se dar bem uma entrevista de emprego em inglês decorando possíveis respostas. Apesar de ser importante fazer essa simulação, tome cuidado apenas para não decorar respostas. Esse método é sempre bastante arriscado, já que na hora H o nervosismo pode dar aquele branco e o candidato travar. É fundamental estar por dentro do que o recrutador pode perguntar, mas a conversa precisa fluir naturalmente, você deve mostrar desenvoltura para o entrevistador. Se a entrevista for on-line, também não decore nem tenha uma colinha em mãos. Também tenha cuidado com clichês e respostas prontas.

O melhor a fazer é aumentar seu repertório em inglês, entender o assunto, refletir sobre o seu perfil e responder tudo de forma natural.

 

# Passe longe das gírias e vícios de linguagem

Muita gente quando conversa no português, espontaneamente usa termos como “né”, “aí”, ‘então”… Pois isso também acontece no inglês! O candidato deve ter atenção para não cometer vícios de linguagem em inglês na entrevista, como usar repetidamente termos como kind of (tipo); like (tipo); then (então); right (certo); I mean (quer / quero dizer); well (bem); entre outros. As gírias e vícios de linguagem muito populares não causam uma boa impressão com os entrevistadores. Isso pode contar pontos negativos mesmo que você tenha um bom currículo. Afinal você está sendo testado para representar uma empresa e se a sua linguagem não for adequada, certamente você não será escolhido!

 

No dia a dia algumas empresas são bastante informais, mas, em uma entrevista de emprego, é importante que o candidato mantenha uma postura e linguagem mais sérias. Afinal, é a sua apresentação e os recrutadores querem avaliar, além do seu currículo, a capacidade de cumprir as atividades profissionais.

 

Falsos cognatos

Outro cuidado que o candidato deve ter é com os falsos cognatos, palavras que, mesmo com a ortografia e pronúncia parecidas entre os idiomas inglês e português, têm significados diferentes. Como é o caso da palavra “actually”, que quer dizer “na verdade”, “realmente” e não “atualmente”, como parece ser. 

 

# Leia notícias em inglês

Para se dar bem em uma entrevista de emprego em inglês você precisa estar sempre em dia com as notícias. Isso porque o avaliador, para checar seu vocabulário, poderá fazer perguntas sobre fatos ocorridos recentemente.

Além disso, tem o fato de a linguagem usada pelos jornais ser um pouco mais formal do que a falada, mas não sendo tão rebuscada e difícil. Afinal, todos que leem – pessoas cultas ou populares –  precisam entender a notícia. 

Portanto, uma das melhores maneiras de se preparar para conversar profissionalmente é ler notícias em inglês. Dessa forma,  além de praticar o idioma, já é um exercício para se manter atualizado.

 

# Aperfeiçoe seu Business English

É extremamente importante dominar o vocabulário de sua área de atuação. Existem palavras usadas no mundo dos negócios ou mesmo termos técnicos da sua área que não são usados no dia a dia, assim como acontece no português.Ter esse conhecimento poderá ser decisivo diante de uma entrevista. O recrutador pode utilizar expressões bastante comuns nesse contexto e se você não entender certamente sua resposta será prejudicada.

Por isso, para aprimorar seu vocabulário, é recomendado ler livros de negócios e sites especializados em notícias do mundo corporativo. Você também pode acompanhar matérias e vídeos on-line, ou ainda podcasts desse segmento.

Outra dica que pode ajudar é visitar o site da empresa. Acesse a versão em inglês, dessa forma você fica por dentro dos termos usados por ela no idioma.

Para quem já está em um nível avançado de inglês, o ideal é assistir a programas de canais como CNN, The Economist, The Financial Times, entre outros. 

 

# Use os tempos verbais adequadamente

Outra dica importante é utilizar os tempos verbais adequados. Muita gente relata fatos usando basicamente o tempo presente dos verbos. Não faz distinção se está relatando algo passado ou alguma ação futura. Por isso estude bastante os tempos verbais para poder dizer com exatidão o que você quer transmitir. Trocá-los pode ser desastroso no momento da conversa com o avaliador. Não esqueça de que na sua entrevista de emprego em inglês você vai falar do seu passado, presente e perspectivas futuras.

 

# Saiba qual o seu verdadeiro nível de inglês

É importante saber a definição correta do seu nível de conhecimento em inglês. Um erro bastante comum dos candidatos é dizer que possuem um nível de conhecimento diferente do que realmente têm. Muitos colocam um nível mais alto na tentativa de turbinar o currículo e chamar a atenção do entrevistador. Mas outros realmente não sabem qual o seu grau de conhecimento e, como entendem o idioma um pouco mais do que grande parte das pessoas que conhecem, dizem que são intermediários ou até mesmo avançados. 

Portanto é sempre bom procurar por uma instituição e realizar um teste de nivelação para que você tenha uma ideia real do seu nível de conhecimento na língua inglesa. Assim, o entrevistador não se sentirá diante de uma propaganda enganosa.

 

# Peça para o recrutador repetir a pergunta

Quantas vezes, em algumas ocasiões, precisamos pedir para alguém repetir o que falou, não é verdade? Então, não fique com receio de pedir ao recrutador para repetir alguma pergunta, caso não tenha sido bem compreendida. Tenha a absoluta certeza de que não há constrangimento algum nisso. 

 

# Pesquise a empresa com antecedência

Uma ótima dica é você pesquisar tudo o que for possível sobre a empresa em que você busca uma vaga. Procure saber o ramo em que atua, o posicionamento no mercado, principais concorrentes, conquistas e fatos de que ela tem orgulho, a visibilidade do público, entre outros. Tendo uma resposta preparada vai ajudar a não perder o foco com o nervosismo e, assim, se destacar. 

Mas lembre-se de que respostas preparadas são diferentes de respostas decoradas! Não chegue diante do recrutador com aquelas frases prontas e clichês que todo mundo repete. Fale naturalmente, seja você mesmo, mas mostre que reuniu informações e pesquisou para chegar às suas conclusões. 

 

Prepare uma boa resposta em inglês para todas essas questões e siga confiante para a entrevista!

 

Conclusão

Espero que essas dicas para entrevista de emprego em inglês possam ajudá-lo a conversar com o recrutador e obter êxito na entrevista. Coloque-as em prática e você terá todos os macetes necessários para se dar bem e impressioná-lo positivamente. 

 

Sabemos que se comunicar em um idioma diferente do nosso, ainda mais em uma situação em que você está sendo avaliado, não é fácil. Mas tente manter o controle emocional para que tudo ocorra bem. Se não for aprovado, não desista! Continue firme e focado nos estudos, praticando bastante a conversação.

É importante destacar que o recrutador sabe que você não é um falante nativo da língua inglesa. Por isso, ele não exigirá uma fala sem sotaque. No entanto, é essencial falar corretamente, usar palavras, expressões, tempos verbais do jeito certo. Também é fundamental prestar atenção à pronúncia. Seu inglês não precisa ser perfeito, mas deve ser perfeitamente compreensível para você se destacar no mercado.

 

Então, aproveite todas essas dicas e vá praticando desde já! See you in 2022!

 

E aí, gostou das dicas para entrevista de emprego em inglês? Se uma empresa gostasse bastante do seu currículo e o único obstáculo para conseguir a vaga fosse a fluência no idioma, você estaria preparado? Conta pra gente nos comentários!

 

podcast