Na hora de abrir um negócio e dar um passo adiante no sonho de estabilização financeira, muitas dúvidas podem surgir.  Alguns dos questionamentos mais frequentes são sobre o ramo que você tem mais afinidade, o melhor ponto comercial ou se é vantajoso uma franquia. Mas, antes de mais nada, é preciso ter capital para realizar o investimento. Nesse caso, um empréstimo empresarial pode ser a solução para pequenos e médios empreendedores.

Existem linhas de crédito no Brasil que são especiais para empresas. Mas, como fazer para solicitar um empréstimo empresarial? Quais as vantagens? Acompanhe esse post e descubra as respostas dessas e de outras questões.

Empréstimo Empresarial: o que é?

Para expandir ou iniciar um negócio, é preciso de dinheiro. Uma das dificuldades enfrentadas nesse processo pode ser a falta de recursos financeiros imediatos. A solução para esse problema pode ser realizar um empréstimo bancário.

Atualmente, no Brasil, existem algumas linhas de crédito que buscam incentivar a abertura de novas micro, pequenas e médias empresas: o empréstimo empresarial. Em geral, esse tipo de crédito é voltado para o financiamento de capital de giro, produção, aquisição de bens, de matérias primas e equipamentos.  

Quais linhas de crédito existem?

Visando estimular esse setor, desde outubro de 2016, o Governo Federal abriu uma linha de crédito de R$ 30 bilhões, com taxa de juros reduzida. Esse estímulo faz parte dos Fundos Constitucionais, que são ferramentas de financiamento da Política Nacional de Desenvolvimento Regional (PNDR).

Além desse, existem as linhas de crédito ofertadas pelo Banco Nacional do Desenvolvimento, que oferece opções que costumam compensar mais do que as instituições financeiras convencionais por apresentar custo mais baixo e sem prazo de carência.

Empresas de pequeno porte ainda podem recorrer ao Programa Nacional de Microcrédito Produtivo Orientado e, em caso de inovação no negócio, ao Programa de Geração de Emprego e Renda.

Quem pode solicitar?

Esse tipo de financiamento visa atingir empresários que querem aprimorar um pequeno ou médio negócio já existente ou abrir um novo. Entretanto, empreendedores que possuem CNPJ conseguem solicitar com mais facilidade.

Quando recorrer à um empréstimo?

Antes de solicitar um empréstimo empresarial é interessante verificar se é possível resolver a falta de recursos financeiros adotando outras medidas. O problema pode ser reduzido com um encurtamento de despesas, por exemplo, ou com uma conversa direta com os fornecedores.

Se isso não resolve a questão financeira, uma opção é recorrer ao empréstimo. Mas, antes, faça um planejamento de negócios. É interessante saber onde irá aplicar e quanto é necessário captar. Assim, você pode decidir entre as opções de crédito empresarial que melhor se encaixam em sua necessidade.

Como ter o empréstimo aprovado?

Após ter realizado a pesquisa sobre os financiamentos e comparado seus custos e prazos, identifique a instituição que melhor te atende. É desejável que o solicitante se antecipe e providencie suas informações cadastrais atualizadas, como documentos, situação nos cadastros de maus pagadores (SERASA e SPC) e comprovante de residência.

Oferecer demonstrações contábeis, o plano de negócios e, também, o faturamento mensal esperado,contribui com a aprovação do processo. Além disso, estipule uma média da receita, dos impostos, dos custos e das despesas elaborando um plano de viabilidade para apresentar à instituição. 

Pronto! Após a aprovação do empréstimo empresarial você estará mais próximo da conquista de uma qualidade de vida que só um negócio próprio possibilita. Se deseja receber mais informações interessantes como essa, assine nossa newsletter e não perca nossas postagens!