Aprender inglês nos dias atuais é imprescindível para a comunicação no mercado de trabalho. Quando aplicado em determinadas carreiras, é essencial e faz toda a diferença no exercício da atividade profissional. É o que acontece com a área médica. O crescimento das áreas da saúde passa por uma maior profissionalização, o que faz com que cada vez mais a língua inglesa ganhe posição de destaque. Podemos encontrar alguns pontos principais que explicam as razões pelas quais os profissionais da área médica precisam aperfeiçoar seus conhecimentos em inglês – o chamado inglês médico.

Selecionamos alguns termos em inglês mais utilizados na área médica que podem ser bastante úteis, não só para os profissionais da saúde, mas também para qualquer pessoa que precise de cuidados médicos. Você verá que ter esse conhecimento pode salvar sua vida! Ao término da leitura você saberá o quanto é importante ter proficiência na língua inglesa e estar preparado. Confira a seguir!

 

Importância da língua inglesa para a área médica

O conhecimento está evoluindo muito rápido. Assim como em todas as outras áreas, é necessário estar sempre atualizado com o que acontece pelo mundo dentro do seu campo de atuação. Esse é um dos principais pontos que demonstram a importância do inglês para os profissionais da área médica – área em constante evolução, vivendo novas descobertas no dia a dia em decorrência do rápido avanço tecnológico -, já que é considerado o idioma mais falado mundialmente.

Por ser a língua considerada universal, o inglês tornou-se, portanto, o ponto de referência para o estudo e pesquisas entre os profissionais da saúde. Eles devem constantemente buscar se atualizar, já que lidam diretamente com a saúde do ser humano.

 

Não limite seus conhecimentos no português

Querendo ou não, a grande maioria do conteúdo utilizado para estudo na área médica está publicado em inglês. Mesmo os trabalhos brasileiros que são lançados, também vão para o idioma. Assim como o trabalho em todas as outras línguas. Todos já vão ter uma versão no inglês. E você limitar a sua fonte de estudos apenas para coisas em português, limitará muito a sua visão.

 Para um novo livro ser traduzido para a nossa língua, leva alguns anos. Muitos profissionais da área dizem que, com tanta evolução na área médica, quando um livro de medicina é lançado em português, ele já está desatualizado. Portanto, para estar mais atualizado nas coisas relacionadas à medicina, é necessário saber inglês.

 

Durante a faculdade, isso já é cobrado. Alguns professores pedem para ler algum artigo para uma aula, que só estará disponível em inglês. Se você não dominar o idioma, ficará limitado nesse tipo de discussão. 

 

Termos em inglês mais utilizados na área médica

Todos os vocabulários são extremamente importantes para a fluência no inglês, ainda mais para os futuros ou atuais medical students. E manter-se atualizado sobre os termos utilizados na área médica é fundamental, principalmente para quem atua no setor da saúde; ainda mais dentro de um contexto de pandemia, por exemplo, em que estudos são feitos em todas as partes do mundo. 

Mas não apenas esses profissionais precisam conhecer os termos e expressões em inglês mais utilizados no setor. E se você, durante uma viagem, passar mal? Ter esse conhecimento pode salvar sua vida, já parou para pensar nisso? Pensando no assunto, elencamos os termos em inglês mais utilizados na área médica. Selecionamos algumas das palavras e expressões que podem ser úteis um dia. Elas não são relacionadas a uma doença específica, mas sim a sintomas, desdobramentos e palavras usadas no dia a dia por médicos, enfermeiros e outros profissionais. Afinal, uma das melhores maneiras de adquirir um leque de novos vocabulários em pouco tempo é selecionando situações comunicativas, como uma ida ao médico, por exemplo. Quais foram as razões? Você saberia o nome de tudo o que falou, em inglês?

Fizemos uma seleção bastante genérica, mas que pode mostrar caminhos até então não conhecidos por você. Confira a seguir: 

 

  • Ward – enfermaria 
  • Reception – recepção
  • Ambulance – ambulância
  • Disease – doença

 

Disease e illness são as duas principais palavras para “doença”. Sickness também pode ser usada, mas é mais comum para se referir a desconfortos gerais como motion sickness, aquela sensação ruim que às vezes temos em carros e ônibus.

“Ficar doente” é to get sick ou to become ill.

 

  • Health – saúde
  • Cases – casos
  • Patients – pacientes
  • Epidemic – endemia
  • Pandemic – pandemia
  • Emergency – emergência
  • Infection – infecção
  • Injury – lesão, machucado
  • Syndrome – síndrome
  • Fever – febre (High fever = febre alta. Mild fever = febre moderada. Low fever = febre baixa)
  • Diagnosis – diagnóstico
  • Prevention – prevenção
  • Prognosis – prognóstico
  • Complications – complicações
  • Blood – sangue
  • Genotypes – genótipos
  • Liver – fígado
  • Exams – exames
  • Tests – exames
  • Treatments – tratamento
  • Transplant – transplante
  • Pain – dor
  • Ache – dor

 

* A palavra “ache”, combinada com alguma parte do corpo, se torna “dor de”. Head (cabeça) + ache (dor) = headache (dor de cabeça); stomach (estômago) + ache = stomachache (dor de estômago), entre outros.

 

  • Cough – tosse
  • Migraine – enxaqueca 
  • Bleeding – sangramento 
  • Heartburn – azia
  • Dizziness – vertigem
  • Nausea – náusea 
  • Crash cart – carrinho de parada ou carrinho de emergência
  • Prescription – prescrição/receita
  • Wound – ferimento que rompe a pele, especificamente
  • To be wounded – estar ferido
  •  Bruise machucado do tipo hematoma

Esse é o “roxo” que temos depois de uma pancada. To be bruised também é bastante usado.

  • Inflammation ­inflamação

Você pode usar a palavra soar para se referir a uma parte do seu corpo que você sinta que está inflamada. Por exemplo, to have a soar throat (ter uma dor de garganta)

 

  • The flu – gripe
  • A cold – resfriado

Não confundir com o adjetivo “frio”. I have a cold = “estou resfriado”.

  •  To hospitalize – internar / hospitalizar
  •  A doctor’s appointment – consulta médica
  • Urine sample – análise da urina/teste da urina
  • Blood sample – análise do sangue/teste do sangue
  • Hypertension – hipertensão 
  • Vein – veia 
  • Syringe – seringa 
  • Painkiller/pain reliever – analgésico 
  • Antibiotics – antibióticos
  • Dosage – dosagem 
  • Medical record – prontuário 
  • Oxygen saturation – saturação de oxigênio 
  • Blood test – exame de sangue
  • X-ray – raio x 
  • Blood pressure – pressão sanguínea 
  • Temperature – temperatura 
  • Heart murmur – sopro cardíaco
  • Check up – exame médico completo 
  • CAT scan – tomografia

 

  • CPR – Ressuscitação cardiopulmonar (RCP) 
  • Emergency Room (ER) – Departamento de Emergência/Pronto Socorro. 
  • Intensive Care Unit (ICU) – Unidade de Terapia Intensiva (UTI)
  • Operating Room (OR) – Sala de Operação/Cirurgias
  • Obsessive Compulsive Disorder (OCD) – Transtorno Obsessivo Compulsivo 

 

Agora, alguns profissionais da área médica:

 

  • Cardiologist – Cardiologista 
  • Allergist – Alergista
  • Dermatologist – Dermatologista
  • Gastroenterologist  – Gastroenterologista
  • Gynecologist – Ginecologista. 
  • Neonatologist – Neonatologista
  • Neurologist – Neurologista
  • Podiatrist – Podólogo
  • Obstetrician  – Obstetra
  • Pediatrician – Pediatra
  • Oncologist – Oncologista
  • Ophthalmologist – Oftalmologista 
  • Otolaryngologist – Otorrinolaringologista
  • Urologist – Urologista
  • Psychiatrist – Psiquiatra 
  • Pulmonologist – Pneumologista
  • Rheumatologist  – Reumatologista
  • Paramedics – Paramédicos

 

Conheça, a seguir, algumas expressões utilizadas na área médica:

 

  • To come down with pegar alguma coisa (uma doença)

 

  • To throw up – expressão usada para “vomitar”, que também pode ser to vomit

 

  • To flare up – irromper (assaduras, brotoejas, etc.)

 

  • A splitting / blinding headache – uma forte dor de cabeça

Splitting (divisiva) e blinding (cegante) são adjetivos para dar intensidade

 

  •  To run some tests – fazer testes / exames

 

  • To feel under the weather ­– sentir-se mal / abatido

Usado para quando não se está bem de modo geral  

 

  • To black out – desmaiar / perder a consciência

To faint e to pass out são sinônimos

 

  •  To be out cold – estar inconsciente

 

  • To nurse (somebody) back to health ­restabelecer a saúde de alguém

Nurse é “enfermeiro(a)”, mas é usado como verbo também

 

  • To be in good/great/bad shape – Estar em boa/ótima/má forma

Quando falamos de “entrar em forma”, dizemos to get in /into shape.

 

  • To call an ambulance – chamar uma ambulância

 

Conclusão

Como você pode observar, a proficiência em inglês auxiliará e muito no crescimento da carreira, gerando inúmeros benefícios para quem busca as melhores oportunidades e um diferencial no mercado.

Vimos que são vários os motivos para falar, ler e escrever bem em inglês. Desde a faculdade, os futuros médicos que possuem um bom domínio do idioma mostram melhor aproveitamento nos estudos. E no decorrer da sua trajetória profissional, não será diferente, já que precisarão utilizar o inglês com uma frequência quase que diária.

Seja para trabalhar aqui ou no exterior, o domínio do inglês na área médica não é um bônus no currículo, mas peça fundamental na carreira profissional. Tenha o domínio da língua inglesa, pois abrirá um leque de oportunidades e te ajudará, não só na faculdade, mas em toda a sua vida profissional. As oportunidades estão por aí, à disposição para quem quiser aproveitá-las. Boa sorte!

 

podcast