“Iarnuou, iar no silver…” Quem não lembra desse episódio do BBB4, em que uma das participantes, a Solange, protagonizou uma das cenas mais cômicas da história do reality, interpretando a canção “We are the world” do Michael Jackson? Pois é, que atire a primeira pedra quem nunca inventou um monte de palavras ou ficou mexendo a boca para fingir que sabia a letra de uma música. Assim como essa ex-bbb, todo mundo tem suas músicas preferidas em inglês, aquelas que, mesmo sem saber o que diz a letra, adora ouvir e cantar. Mas você sabia que essas músicas podem te ajudar a melhorar o seu inglês? Quer saber como? Neste post mostraremos como aprender inglês com música e ficar craque na pronúncia – e, de quebra, como não passar mais vergonha em situações como essa. Confira!

Música: excelente ferramenta de aprendizado da língua inglesa

Você já ouviu falar no “Efeito Mozart”? É o conceito de que ouvir música clássica pode estimular, induzir uma melhoria de curto prazo no desempenho de certos tipos de tarefas mentais conhecidas como “raciocínio espaço-temporal” – e isso inclui o aprender.

Há evidências científicas consideráveis que demonstram como a música pode ajudar estudantes de um segundo idioma a desenvolverem melhorias na gramática, ortografia e vocabulário. Isso ocorre porque toda vez que você faz algo de que gosta, como escutar uma música, é acionada uma região do cérebro que está ligada ao prazer (os chocólatras de plantão sabem exatamente do que estou falando!). Dessa forma, seu cérebro entra em alerta e fica muito mais fácil memorizar as palavras, elas fixam-se mais facilmente na mente.

Por que aprender inglês usando música?

Não adianta tentar aprender inglês com coisas difíceis ou chatas para você, pois acabará entediado e não fixará o que deveria aprender. E quando se trata de saber um novo idioma, para muitos é algo bem difícil; por isso, usar a música é uma forma de facilitar esse aprendizado. Afinal, você estará em contato com o que gosta de ouvir, de cantar, transformando os seus estudos em algo prazeroso, não obrigatório e maçante. Você aprende se divertindo!

Por essa razão que a música é uma ótima maneira de aumentar e enriquecer o vocabulário, auxiliar no conhecimento da pronúncia de frases e expressões, de gírias, da linguagem cotidiana, de metáforas…recursos fortemente utilizados nas letras de músicas e que fazem parte da língua inglesa. Até mesmo ter uma aproximação, um contato mais direto com a cultura do país de origem do artista. Pelo fato de os nativos serem o público-alvo, o vocabulário é sempre atualizado e cheio de coloquialismos. O processo de aprendizado se torna ainda mais enriquecedor.

6 músicas para aprender inglês e ficar craque na pronúncia

Veja a lista que preparamos com algumas músicas para você aprender inglês e ficar craque na pronúncia, acabando de vez com o embromation:

1) A Thousand Years (Christina Perri)

Cheia de romance, a letra de Christina Perri embalou e eternizou a saga “Crepúsculo”. Em “A thousand years” ela canta sobre um amor que ultrapassa a eternidade:

“The day we met,

Frozen I held my breath

Right from the start

I knew that I’d found a home for my heart

Beats fast

Colors and promises

How to be brave?

How can I love when I’m afraid to fall

But watching you stand alone?

(…)

Time stands still

Beauty in all she is

I will be brave

I will not let anything take away

(…)

And all along I believed I would find you

Time has brought your heart to me

I have loved you for a thousand years

I’ll love you for a thousand more

(…)”

  • Heart beats fast = Coração bate rápido

* Beat é usado para sentido de batida sonora. Por isso, temos heartbeat (batida do coração).

  • But watching you stand alone = Mas observando você sozinho

*Stand tem muitos significados. Nesse caso, é o de se apoiar nos próprios pés, estar em pé. Como na música do Elton John: “I’m still standing” (Eu ainda estou de pé).

  • Time stands still = O tempo fica parado

*Vemos mais uma vez o uso de stand com significado de ficar em pé nos próprios pés.

O importante aqui é mostrar como que, apesar da palavra remeter a uma ideia material (pés), é usada também para seres abstratos. No caso, o tempo.

  • And all along I believed = E o tempo todo eu acreditei

*All along pode ter significado literal de “ao longo de todo/a”, como também de “esse tempo todo”. No caso da música, temos a segunda interpretação.

2) I Want to Break Free (Queen)

Ao contrário do que muitos pensam, a música não fala sobre a homossexualidade. De acordo com John Deacon, baixista e um dos compositores da banda, a letra faria um desabafo sobre sua timidez, além de ter relação com temas de solidão e autossuficiência:

“I want to break free

I want to break free

(…)

I can’t get over the way you love me like you do

But I have to be sure

When I walk out that door

Oh, how I want to be free, baby

(…)”

  • Break free – phrasal verb = libertar-se, escapar.

*Pode ser literalmente uma prisão, de alguém que está te segurando; escapar do controle de alguém ou de um grupo; ou no sentido mais subjetivo de libertar-se de algo.

Alguns exemplos:

“He broke free from house arrest.” (Ele escapou da prisão domiciliar).

“She wants to break free from his addiction.” (Ela quer libertar-se do seu vício).

  • Get over – phrasal verb = superar (uma dificuldade) ou recuperar-se (de uma doença ou situação traumática).

Ex.: “I just got over the flu.” (Eu acabei de me recuperar da gripe).

*No entanto, na letra da música o sentido é um pouco diferente. Isso porque aparece com a expressão “can’t get over”. Apesar de poder significar “não conseguir superar”, aqui o sentido está ligado a estar muito surpreso com alguma coisa. Seria mais próximo do nosso “eu não me conformo com…”.

Ex.: “I just can’t get over how well we played!” (Eu não me conformo com o quanto nós jogamos bem!).

3) Last Kiss (Pearl Jam)

Na verdade, esta música foi lançada por Wayne Cochran em 1961, mais uma sobre tragédia adolescente lançada no período. A banda Pearl Jam gravou sua versão em 1999 para o álbum de caridade “No Boundaries: A Benefit for the Kosovar Refugees”, com todos os lucros destinados a ajudar os refugiados da Guerra do Kosovo (a música arrecadou cerca de 10 milhões de dólares):

“Oh, where oh where can my baby be?

The Lord took her away from me

(…)

We were out on a date in my daddy’s car

We hadn’t driven very far

(…)

I lifted her head, she looked at me and said

“Hold me darling just a little while.”

(…)”

 

  • Little while = indica uma pequena porção de tempo. Pode ter diferentes traduções dependendo do contexto geral da frase. Pode indicar uma porção maior de tempo, mesmo com a expressão diminutiva, como em “faz um tempinho”.

 

Exemplos:

“I haven’t eaten in this restaurant in a little while.” (Eu não como nesse restaurante faz um tempinho).

“I’ll stay for a little while, if you don’t mind.” (Eu ficarei por um tempinho, se você não se importar).

“We’ll have to wait for a little while before the train comes.” (Nós teremos que esperar um pouquinho antes do trem chegar).

*Essa expressão é importante por ser muito utilizada na comunicação com a língua inglesa, principalmente considerando a linguagem falada.

 

  • We were out on a date = Nós estávamos em um encontro

 

*Esse termo, date, não é usado, neste caso, para indicar uma data. É para descrever um encontro romântico entre duas pessoas.

Ex.: “I’m so happy! I have a date tonight.” (Eu estou tão feliz! Eu tenho um encontro esta noite.)

4) Give me love (Ed Sheeran)

A canção alcançou grande sucesso, chegando a 18ª posição na UK Singles Chart. Também foi gravada como cover pela cantora americana Demi Lovato. A música foi tocada em alguns seriados como The Vampire Diaries, Cougar Town e Home and Away:

“Give me love like her

‘Cause lately I’ve been waking up alone

Paint splattered teardrops on my shirt

Told you I’d let them go

And that I’ll fight my corner

(…)

Give a little time to me or burn this out

We’ll play hide and seek to turn this around

All I want is the taste that your lips allow

My, my, my, my, oh give me love

(…)”

 

  • Fight one’s corner  – no caso, aparece como fight my corner = defender-se

 

*Pode ser argumentar em defesa, defender sua posição ou interesses, etc.. A origem vem da luta de boxe, em que cada competidor tem seu “canto” no ringue, e eles precisam “lutar pelo seu canto”.

Ex.: “She at least had the courage to fight her corner.” (Ela ao menos teve a coragem de se defender.)

“As usual, he passionately fought his corner.” (Como sempre, ele defendeu sua posição com paixão.)

 

  • Turn something around – aparece na letra como turn this around

 

Basicamente, o sentido da expressão é transformar alguma coisa, geralmente uma performance, levando-a de uma ruim para uma boa. Ou seja, seu significado é mudar para melhor.

Ex.: “He turned the company around in seven months.” (Ele mudou a empresa para melhor em sete meses.)

 

  • My, my

 

“My, my, my, my, oh, give me love” – Nossa, nossa, ah, me dê amor.

*Ao contrário do que você deve estar pensando, ela não significa “meu, meu”. A expressão na verdade é uma interjeição (classe de palavras que não tem um significado concreto, mas exprimem emoção, sensação, ordem ou ruído). No caso, my, my é usado para demonstrar surpresa. No entanto, é importante ressaltar que a expressão quase nunca é usada para demonstrar uma surpresa verdadeira, mas sim provocar alguém. Mas apesar disso, a expressão não passa de “maldade”, é mais uma brincadeira.

Alguns exemplos para você entender melhor:

“My, my! You’re up early – Nossa! Você acordou cedo.”

“My, my, are you jealous? – Nossa, você está com ciúmes?”

5) Thinking of you (Katy Perry)

Katy fala sobre um término de relacionamento que ela não quer esquecer, mas não tem escolha, enquanto está se relacionando com um novo homem. A música entrou na 29ª posição na Billboard Hot 100 e alcançou a 27ª posição no Reino Unido:

“(…)

I picked the ripest one

I still got the seed

You said move on

Where do I go

(…)

Oh won’t you walk through

And bust in the door

And take me away

Oh no more mistakes

Cause in your eyes I’d like to stay”

  • Move on – mais um phrasal verbs ou expressão verbal da língua inglesa = superar uma experiência ruim. Pode ser traduzido como “seguir em frente”.

Ex.: “It is time for you to move on.” (Está na hora de você seguir em frente.)

 

  • Take away = No que se refere ao sentido exprimido pela canção, admite o significado de retirar, tirar de perto ou levar embora.

 

Ex.:  “Take her away from me!” (Tire ela de perto de mim!)

       “I wish you would take me away with you.” (Eu queria que você me levasse embora junto com você.)

6) Shiver (Coldplay)

O vocalista da banda, Chris Martin, admitiu que a música foi escrita para uma mulher em particular, mas a mídia nunca a encontrou de fato. A canção fala sobre um amor não correspondido, e Martin contou que a escreveu em um dia um tanto triste, quando ele pensava que nunca encontraria a mulher certa para ele.

O termo shiver, título da composição, trata-se do verbo “arrepiar-se”.

“(…)

‘Cause you say you see straight through me, don’t you

And on and on from the moment I wake

To the moment I sleep

I’ll be there by your side

Just you try and stop me

I’ll be waiting in line

Just to see if you can

Did she want me to change

Well I change for good

And I want you to know

(…)”

 

  • On an on – sem parar. Também pode ser traduzido por “continuamente” ou “mais e mais”, vai depender do contexto da frase.

 

*Essa expressão pode aparecer com bastante frequência na comunicação com a língua inglesa, por isso é importante conhecer o seu significado.

Ex.:  “He talked on and on about his new job.” (Ele falou sem parar sobre o novo trabalho dele).

       “On and on we walked, waiting for some sign of civilization.” (Continuamente nós andamos, esperando por algum sinal de civilização.)

  • For good – Para sempre. Também pode ser traduzido como “permanentemente”, dependendo do contexto. Também muito utilizada no inglês falado.

“I’m moving to Canada for good.” (Eu estou mudando para o Canadá permanentemente.)

“Today I gave up smoking for good.” (Hoje eu parei de fumar para sempre.)

Dicas de como aprender inglês com música

Existem várias formas de aprender inglês com música. Escolha a sua canção preferida e pratique essas dicas:

1) Escute sua música favorita

Escute sua música favorita até cansar. Baixe no celular, coloque no som do carro. Escute-a no ônibus, na espera do consultório médico, em casa… enfim, sempre que puder. Essa é a forma de você se acostumar com a letra, com a pronúncia das palavras, com o ritmo, com o refrão…

Um dos segredos mais importantes na hora de aprender inglês é “acostumar os ouvidos”. Quando você perceber, já estará identificando as palavras.

2) Pronúncia

Muitos que estudam inglês acham que já são fluentes, mas quando se deparam com um nativo, veem que não é como pensavam. Além de não entenderem direito o que ele fala, o gringo também não entende muito bem o que eles falam.

Se o seu objetivo é melhorar sua pronúncia, escute a música com a letra em inglês e preste muita, mas muita atenção em como as palavras são pronunciadas. Se quiser, pode anotar a forma como se pronuncia e fique repetindo, como forma de treinamento. Você também pode cantar junto, assim, aprende na prática como pronunciar corretamente. Muitas vezes, é a pronúncia que irá diferenciar uma palavra da outra.

3) Vocabulário

Se o objetivo é melhorar o vocabulário, leia a letra da música. Assim, você pratica o reading, que é a leitura. E anote as palavras que você achar interessante ou as que não entendeu o significado. Dessa forma, você pratica o writing, que é a escrita.

*Observe como a música pode virar uma aula completa de listening, reading e writing. Para ajudar, use um bom dicionário online e veja exemplos com outros usos dessas palavras. Por isso é bom que você faça com a letra de uma música de que goste. Aos poucos, você irá aumentando o seu vocabulário e aprendendo cada vez mais.

4) Cante em voz alta

Cante mesmo, escute várias vezes e vá treinando até conseguir cantar junto. Cante no carro, no chuveiro, no karaokê, na balada com os amigos… A nossa memória auditiva é muito eficiente, principalmente quando cantamos algo de que gostamos. Se até aquelas músicas que julgamos chatas, que escutamos o tempo todo, acabam grudando na nossa cabeça, imagina uma que amamos!

Conclusão

Viu como aprender inglês com música pode te beneficiar de várias maneiras? Ela te oferece inúmeras oportunidades de praticar e enriquecer o seu conhecimento.

Para aprender a língua inglesa é necessário dedicação e motivação. Mas quando o aprendizado é feito com atividades divertidas, você nem se dá conta de que está aprendendo um outro idioma; tudo fica relativamente mais fácil e mais agradável quando você estuda com algo de que gosta ou te dá prazer.

Ouça todos os dias, pratique essas dicas e você verá o quanto irá desenvolver o seu listening, writing and speaking. Tenho certeza de que você terá excelentes resultados. Então, capricha na sua playlist e arrase no inglês!

Gostou do nosso artigo? Que tal começar hoje mesmo a estudar inglês? Clique no link abaixo e marque uma aula gratuta!

banner-site_blog_-_2_artess