A pergunta do título deve passar pela cabeça de muitas pessoas interessadas em abrir uma franquia. E como a resposta é simples, preferimos responder à dúvida com outra questão: o dono de uma padaria é, necessariamente, padeiro? Assim como não são apenas os padeiros que abrem panificadoras, também não existe uma regra que só professores ou pessoas fluentes em uma língua podem abrir uma franquia de idiomas.

Ficou interessado no assunto? Então continue lendo o este post e descubra se realmente é necessário ser fluente em inglês para abrir uma franquia de idiomas:

Quem pode abrir uma franquia de idiomas?

Normalmente, quem abre esse tipo de empreendimento são pessoas que têm interesse em abrir um negócio ou que desejam investir em setores que sabem que dão resultados. Dessa forma, os empreendedores apenas contratam o pessoal necessário para cuidar da parte técnica do serviço.

Ou seja, um empreendedor interessado em abrir uma padaria vai contratar padeiros, e, no caso explorado por este post, quem for abrir uma franquia de curso de línguas vai contratar professores fluentes em línguas.

O que é necessário para abrir uma franquia?

Você já entendeu que para abrir uma franquia de idiomas não é preciso ser professor nem ser fluente na língua. Então, você deve estar se perguntando: o que é importante para começar a investir nesse modelo de negócio?

Primeiramente, é preciso entender que, para implantar um negócio, é preciso ter afinidade com o serviço, pois isso facilitará o momento da comercialização. No entanto, não basta gostar do produto. Para ter sucesso no ramo e não ver o negócio fracassar, é essencial também que o franqueado tenha alguns atributos como, por exemplo, ser disposto e preparado para operar o negócio.

Não existe um perfil exato para os empreendedores que desejam abrir uma franquia. Contudo, abaixo listamos algumas características que estão em vários profissionais bem-sucedidos:

Obediência

Para ser franqueado, é preciso ter em mente que o negócio já está formatado e que existe um padrão para todas as lojas. Assim, é quase impossível inovar dentro desse modelo. É necessário ser cauteloso com as mudanças que deseja realizar, pois elas devem estar dentro das regras já estabelecidas.

Espírito de liderança

Quem for abrir uma franquia vai precisar coordenar o trabalho dos colaboradores. Por isso, ter um perfil de liderança é de extrema importância, já que a pessoa vai ter que encarar dificuldades diárias e tomar as melhores decisões para a equipe.

Comprometimento

Dedicação em tempo integral ao negócio é outra característica muito importante para o franqueado. O empreendedor deve estar sempre presente durante o funcionamento do estabelecimento ou, no mínimo, estar disponível para resolver os problemas a qualquer momento. Isso significa, inclusive, que o franqueado pode trabalhar durantes os fins de semana e feriados.

Paciência

Um profissional que abrir uma franquia nessa área vai precisar ter contato com os clientes e suas reclamações. Dessa forma, é necessário ter muita paciência para que os negócios se desenvolvam de forma racional. Outro fato importante é que, como em qualquer setor, os resultados demoram a chegar. Sendo assim, é preciso manter a calma e não desistir do sonho de abrir uma franquia.

Agora que você já sabe que não é preciso ser fluente em inglês para abrir uma franquia de idiomas, conte para a gente: você pretende aderir a esse modelo de negócios? Compartilhe as suas ideias com a gente no campo de comentários!

 

Gostou do nosso post? Conheça nosso modelo de franquia no site www.topenglish.com.br/franquias/ 

Acesse um dos materiais abaixo e conheça mais sobre franquias

images 

Entenda os caminhos para adquirir uma franquiaConheça a franquia de sucesso, tenha seu próprio negócio!