Devido ao aumento da influência de várias empresas em âmbito internacional, o conhecimento da língua inglesa se tornou não somente um diferencial, mas sim uma exigência quase sempre analisada na contratação de um profissional.

No entanto, você sabia que, além saber falar inglês, é necessário saber utilizar o idioma da maneira correta em cada situação? Assim como adequamos nossa linguagem ao falar com um amigo ou com o chefe, há diferentes modalidades no ensino de idiomas que permitem essa diferenciação.

Uma delas é o inglês para negócios, que tem por objetivo capacitar profissionais no uso da língua inglesa no mundo corporativo. Sendo assim, ele contém algumas particularidades bem interessantes em comparação ao aprendizado mais geral da língua. Continue lendo para saber mais!

Inglês para negócios X inglês tradicional: quais as diferenças?

Existe uma infinidade de variações na língua inglesa, seja de acordo com a formalidade da situação, a localização geográfica ou mesmo o ambiente em que ela é usada. Desse modo, quando falamos em inglês corporativo, é importante destacar que suas especificidades são direcionadas a propósitos específicos de uso.

É imprescindível, portanto, analisar o que o difere do ensino mais comum, assim permitindo que seja feita a melhor escolha para seu objetivo linguístico. Entenda abaixo que diferenças são essas:

Inglês tradicional

O inglês tradicional é ensinado de maneira mais abrangente, o que geralmente aumenta o tempo de curso e faz com que o aluno desenvolva suas habilidades de fala, escrita e escuta mais lentamente. Além disso, essa modalidade pode enfatizar o turismo e incentivar o uso da língua em um contexto cotidiano e mais informal.

Inglês para negócios

Por ser mais dinâmico, um curso de inglês corporativo possui, com frequência, um tempo de duração mais enxuto. Afinal, o foco é utilizá-lo especificamente nas relações de trabalho. Desse modo, desde as primeiras aulas, o aluno será incentivado a praticar a conversação e as habilidades que usará com maior frequência.

Outro aspecto importante a ser ressaltado é a variação gramatical e vocabular explorada no curso, pois a língua é ensinada visando aspectos mais formais, assim como jargões e expressões próprios para o meio empresarial. Ademais, os alunos podem simular circunstâncias específicas, como reuniões, apresentações e ligações de trabalho.

Entretanto, isso não impede que os professores ensinem aos alunos a comunicação em situações do dia a dia, afinal, também existe algum espaço para coloquialidades em ambientes corporativos.

Qual o público-alvo dessa modalidade?

A mudança do público-alvo no inglês para negócios é algo notável. Enquanto o inglês tradicional recebe alunos de todas as idades, com objetivos variados, o ensino da língua voltada para o meio corporativo é mais restrito.

Portanto, essa modalidade recebe estudantes que já têm uma vivência no mundo dos negócios ou que pretendem investir nesse meio e, então, desejam focar no trabalho.

O público-alvo, portanto, é constituído por pessoas que procuram valorizar o currículo em sua área de atuação, mas que, de um modo geral, não possuem disponibilidade para fazerem um curso longo — ou seja, estão buscando praticidade, rapidez e flexibilidade.

Sendo assim, a metodologia se altera e o curso deve enfatizar as necessidades do aluno enquanto profissional. Por exemplo, se a área de atuação for marketing, ele vai aprender termos e vivenciar situações que o tornem apto a se comunicar nesse contexto.

Por que investir no inglês para negócios?

Com grande influência da globalização, as relações comerciais entre empresas de diferentes países se tornou algo natural e imprescindível. Sendo assim, a comunicação tem um importante papel para que o relacionamento ocorra de maneira eficiente e prática. Por isso, o uso da língua inglesa predomina na maioria das situações.

O inglês para negócios tem suas particularidades e, o mais importante, suas vantagens. Confira os benefícios dessa modalidade e saiba por que vale a pena investir!

Possui menor duração

Como mencionado anteriormente, uma das vantagens do inglês para negócios é o menor tempo de duração. Tal fato pode ser ótimo para pessoas que possuem uma rotina cansativa e que procuram por um método de ensino mais prático.

Tem um foco definido

Diferentemente do curso de idioma tradicional, nessa modalidade pode ser mais fácil encontrar pessoas cujos objetivos sejam similares ao seu, facilitando o convívio em sala de aula e o relacionamento com pessoas que possuem uma meta estabelecida, o que ajuda a não perder a motivação.

Faz com que o aluno obtenha experiência

Em um curso voltado para o inglês corporativo, além de adequar a gramática e o vocabulário em termos teóricos, os professores podem simular situações que se encaixem na realidade do aluno, como pedir para que eles mandem um e-mail ou façam a apresentação de um projeto em inglês.

Trabalha a segurança do aluno

Ao promover experiências em sala de aula, o curso consequentemente faz com que os estudantes sejam mais confiantes no momento da comunicação. Assim, ele evitará ambiguidades e possíveis desentendimentos, passando segurança para a pessoa com quem está se relacionando.

Capacita para comunicação nos negócios e situações cotidianas

Mesmo focando no mundo dos negócios, o aluno pode aprender a se comunicar também em situações cotidianas. Portanto, ele consegue adequar a linguagem para um momento de trabalho ou uma viagem a turismo.  

Amplia a rede de contatos

Com o domínio do idioma da forma correta, é possível expandir seu networking, criando relações profissionais internacionais e ampliando as possibilidades de bons negócios.

Aumenta a visibilidade no mercado de trabalho

Se o objetivo é expandir a carreira para outros países, com um bom conhecimento da língua inglesa, o perfil será adequado para participar de conferências e entrevistas em empresas do exterior. Além disso, saber montar um currículo em inglês faz com que você aumente sua visibilidade em um mercado de trabalho exigente e competitivo.

Por fim, lembre-se que, ao investir em um curso de inglês para negócios, você também pode tirar certificados e aprimorar ainda mais seu currículo dentro ou fora da organização que trabalha. Sendo assim, é possível se tornar um profissional hábil a resolver diversos problemas e ainda apresentar resultados para a empresa.

No entanto, sua dedicação é essencial nesse processo. Praticar durante as aulas é importante, mas também é fundamental aproveitar o tempo livre e usar técnicas que auxiliem no processo, como assistir filmes, séries e documentários em inglês, além de ler textos mais técnicos para potencializar seu aprendizado no idioma.

Gostou deste post? Quer continuar recebendo dicas e novidades sobre o mundo da língua inglesa? Então não deixe de assinar nossa newsletter!