“Adeus ano velho, feliz ano novo, que tudo se realize no ano que vai nascer…” . Quando estávamos cantando essa velha e conhecida música de fim de ano, ao começar 2020, ninguém poderia prever um cenário sequer parecido como esse que estamos vivenciando. Em tão pouco tempo a pandemia do novo coronavírus fez o mundo parar, levando medo, isolamento social, colapso no sistema da saúde, queda da bolsa e fechamento de escolas e comércios. Com o comércio fechado, empreendedores precisam encontrar soluções para que seus negócios sobrevivam. Muitos não têm reserva ou capital de giro para manter determinadas obrigações financeiras. Não há como passar indiferente à crise que se instaurou, mas pelo menos é possível que seus efeitos sejam amenizados. Avaliando o atual cenário, no post de hoje daremos dicas de sobrevivência para empreendedores, ajudando-os a atravessar esse período tão difícil de crise. Confira!

 

Como lidar com seu negócio diante das dificuldades da crise atual

Em meio aos efeitos causados pela pandemia do novo coronavírus (COVID-19), uma das coisas que mais têm afetado a economia do nosso país é o impedimento das pessoas de irem até os seus negócios e trabalhos e nem todos podem ser executados na modalidade home office. Muitas empresas não estão faturando e têm seus compromissos a serem honrados.

O consumidor está comprando menos, está confinado de forma preventiva, e isso afeta os negócios como um todo. Algumas iniciativas são fundamentais para a sobrevivência da empresa, não importa se já esteja passando ou não por dificuldades. A dificuldade poderá  chegar para todos e, para quem chegar menos, a necessidade será de auxílio para aqueles que passarem por dificuldades maiores. 

Não é um cenário conhecido, não é fácil fazer um planejamento, não é fácil olhar adiante, pois não sabemos quando será encerrado esse ciclo e quais serão as verdadeiras consequências. Por isso algumas orientações são fundamentais para as finanças dos seus negócios. 

 

Dicas de sobrevivência para empreendedores neste período de crise

A seguir, veja algumas maneiras de diminuir o impacto do novo coronavírus no seu negócio. São dicas de como sobreviver à crise gerada pela pandemia, iniciativas que podem ajudar o empreendedor neste período:

 

Diminuição da quantidade de pessoas reunidas

Procure fazer de uma forma diferente. Se o home office não era lei no passado, agora é praticamente uma obrigação. Se uma das principais medidas contra a disseminação da COVID-19 é a aglomeração de pessoas, o home office pode ser uma ótima opção na gestão da sua empresa. Pense em formas de promover a prática entre os seus funcionários. Gerir seu negócio à distância pode impulsionar sucesso diante das condições atuais. 

Com a transformação digital, você também pode adotar outras opções para possíveis reuniões, treinamentos e palestras em sua empresa. É possível utilizar ferramentas de contato on-line que permitem a comunicação à distância. 

 

Otimização de seus recursos financeiros

Com essa recessão que estamos enfrentando, é fundamental que o empreendedor tenha noção do que ele tem a sua disposição para encarar esse período. É muito importante efetuar uma análise e planejar os recursos financeiros da empresa nesse momento de crise. Verifique se você tem o suficiente para passar por possíveis quedas de faturamento, vendas, etc.. Reveja seu caixa. Busque utilizar alternativas disponíveis, caso não possua uma segurança financeira para este tipo de caso, como empréstimos, já que houve uma redução na taxa de juros; além de captação de capital, quitação de dívidas e compromissos, que a um curto prazo, podem prejudicar o funcionamento do seu negócio.

 

Reforço do estoque

Procure reforçar seus estoques, caso não seja possível prever o abastecimento do seu negócio. Assim, você terá um melhor aproveitamento dos estoques e garantirá a curto prazo o suprimento eficaz e preventivo. 

Seus compromissos podem ser prejudicados se houver uma possível quebra no fornecimento de materiais para sua empresa. É muito importante manter contato com seus fornecedores, certificando-se de que seu negócio poderá ser abastecido.

 

Boa gestão de funcionários

Nesse momento de crise, é aconselhável ter uma boa gestão de pessoas dentro da sua empresa, para que os funcionários ativos fiquem engajados e dispostos a passar por esse período. É importante ter controle sobre o capital humano, o momento não é o mais adequado para altos investimentos em infraestrutura e contratações. Dê prioridade à manutenção dos seus recursos e deixe os investimentos para mais tarde. Apenas faça uso do necessário.

 

Parcerias

Não tente sobreviver sozinho. Em uma situação como essa, concorrentes lutando entre si tendem a tombar todos juntos. Nesse momento, é hora de conversar com aquele que era seu concorrente e fazer parcerias no sentido de que, de repente, um produto no qual você está abrindo mão – porque ele não traz margem para você – pode trazer para o seu concorrente. Dependendo de onde você esteja localizado e onde esteja seu concorrente, alguns produtos são melhores ou mais vendáveis em uma região do que em outra. Aquilo que não for interessante para você, passe a oportunidade para o seu concorrente. Até mesmo com uma permuta de comissões: o que você oferecer de vendas, mas você efetivar, pode ser comissionado ou vice-versa. Quem era concorrente até pouco tempo atrás tem que ser visto como parceiro porque, unidos, podem atravessar essa crise. Concorrendo, possivelmente, todos tombarão juntos.

Então olhe para o seu parceiro, para o seu cliente, seu governo, observando a necessidade de cada um, porque esse é um momento de darmos as mãos e atravessarmos esse cenário com serenidade, mas principalmente com estratégia. 

 

Conclusão

Essas são algumas dicas de sobrevivência para empreendedores neste período de crise. São algumas medidas que podem ser tomadas para seu negócio atravessar essa fase da melhor forma possível. O mais importante nesse momento é manter a calma. É preciso saber administrar seus recursos a curto prazo, já que este será o efeito da crise. 

Diante de tudo isso, é possível enxergar a importância de informar e buscar uma união em busca da prevenção. Se a conscientização da necessidade preventiva de todos for efetiva, o impacto no mundo empresarial pode ser diminuído. Por isso é importante que os empreendedores estejam dispostos a encabeçar medidas cabíveis que impactarão positivamente na saúde financeira e física da nossa população. 

Coloque em prática essas orientações que, certamente, atravessar esse período será melhor do que concorrer e lutarmos sozinho.

 

Sucesso nessa travessia, que não será fácil!

https://topenglish.com.br/franquias/?utm_source=blog