Hoje, saber inglês já não é mais um diferencial para sua vida profissional, mas um pré-requisito. Então, como se destacar entre seus concorrentes na área de negócios? Investindo em uma especialização em business english!

Área do inglês voltada especialmente para o mundo dos negócios, o business english abrange vocabulário e expressões típicos da área, ensinado por meio de situações cotidianas de empresas (reuniões e apresentações profissionais, por exemplo).

Uma excelente opção para se diferenciar na busca por uma vaga de trabalho e pelo crescimento na carreira, não é mesmo? Para aprender a falar o inglês dos negócios, confira as 4 dicas que listamos a seguir:

Mantenha contato com o idioma

O aprendizado de qualquer idioma requer contato constante com a língua. Mesmo que você faça aulas, é preciso trazê-lo também para o seu cotidiano. E com o business english não é diferente. Mas como fazer isso?

Busque palestras e livros em inglês sobre a sua área — uma ótima forma de aprender enquanto traz o inglês dos negócios para a sua vida! Filmes e seriados que retratem a sua profissão também são uma ótima forma de aprender enquanto se diverte. E para se manter atualizado e, ao mesmo tempo, melhorar seu inglês, leia os portais de notícias.

Esses materiais também ajudarão na construção de vocabulário, que, não por acaso, é a nossa próxima dica.

Construa vocabulário

O jargão dos negócios é tão particular que, mesmo que você seja fluente em inglês, pode se sentir perdido em uma reunião ou apresentação — ou até mesmo em uma conversa informal entre colegas.

Por isso, compreender as peculiaridades das palavras e expressões usadas no business english é muito importante para construir fluência. Conheça algumas a seguir:

  • Level playing field (“campo de jogo igualitário”): situação de competição justa, em que todos os envolvidos têm as mesmas chances de se darem bem.

  • To be neck to neck (“estar pescoço a pescoço”): quando os envolvidos em uma disputa se encontram na mesma posição. A expressão costuma ser usada quando a empresa se encontra no mesmo nível de suas concorrentes.

  • Bigwig (“peruca grande”): pessoa importante ou líder. A expressão tem origem na França do século XVII, quando a importância de um nobre era representada pelo tamanho de sua peruca.

  • Turnover: a palavra pode se referir tanto à rotatividade de funcionários dentro da empresa quanto aos negócios efetuados dentro de um determinado período de tempo.

Não traduza

Imagine: você está conversando em inglês com um colaborador. Ele fala e você traduz mentalmente o que ele disse para o português. Então, você pensa, em português, no que vai dizer. Agora, você traduz a sua ideia para o inglês — e só então, finalmente, responde. Essa conversa vai ser demorada… e nada agradável, não é mesmo?

Ficar traduzindo os dois idiomas é um erro que impede muita gente de realmente se tornar fluente na língua. Se você se acostumar com isso, mesmo quando estiver ótima pronúncia e vocabulário rico, ainda não conseguirá se expressar bem em inglês.

Procure cursos de business english

Reconhecendo a importância da especialização, hoje, as melhores escolas de inglês do país oferecem cursos especialmente voltados para o business english, em todos os níveis de conhecimento de inglês. Ou seja, mesmo que você saiba apenas o básico — ou nem isso —, pode entrar na sala de aula para aprender o idioma diretamente na área de negócios.

Da mesma forma, mesmo que você já esteja em um nível alto de inglês, o curso vai aplicar todo esse conhecimento para o mundo dos negócios, focando nas peculiaridades da área.

E então, gostou das nossas dicas? Pronto para mergulhar no business english? O inglês dos negócios vai ajudar muito no seu crescimento e desenvolvimento profissional — e, também, pessoal! Ainda tem dúvidas sobre o assunto ou outras dicas para compartilhar? Deixe o seu comentário e conte para a gente!