Para aprender um novo idioma é essencial fazer uma real imersão. Uma forma de incentivar o convívio com a língua é prolongar a experiência para além da sala de aula. A gamificação para ensinar inglês é uma alternativa de juntar o entretenimento com o aprendizado.

A gamificação utiliza jogos como suporte para o ensino. Dessa forma, os alunos são envolvidos em atividades e exercícios durante um período de tempo, colecionando premiações a cada avanço. O maior prêmio, no caso, é o aprendizado de inglês.

Quer saber como esse mecanismo pode ajudar? Continue a leitura até o fim e descubra!

Gamificação para ensinar inglês

A grande vantagem de ensinar inglês por meio de jogos é tornar o aprendizado em algo mais palpável para os alunos. Afinal, muitos estudantes estão familiarizados com a lógica dos jogos, seja por conta de brincadeiras ou videogames.

O professor pode, por exemplo, criar um ranking em sala de aula e solicitar aos alunos que cumpram, ao longo da semana, determinadas tarefas que julgar relevantes para eles e que sejam passíveis de premiação. Assistir a filmes em inglês, com ou sem legenda, fazer tarefas que sejam pertinentes, desvendar enigmas etc.

Assim, cada aluno acumula pontos e pode ganhar algum prêmio ao fim do período. 

Gamificação para tornar o aprendizado mais constante

Fazer com que os alunos se sintam motivados a estudar fora dos horários de aula é de extrema importância para que eles tenham uma vivência na língua estrangeira. O interessante é tornarem o aprendizado em algo constante e queiram se envolver cada vez mais com o idioma.

Para isso, utilize a tecnologia a seu favor. Por exemplo: peça que eles treinem o inglês falado em casa, criando vídeos que devem ser enviados para você ao longo da semana. Nas filmagens, eles podem falar sobre algum tópico específico, como uma resenha de filme ou até dar a opinião sobre algo que seja do interesse deles.

Outra possibilidade é enviar mensagens com alguma pergunta que deve ser respondida também por mensagem de texto. Com a tecnologia, as possibilidades de interação ficam ainda maiores.

Gamificação para utilizar estímulos sonoros e visuais

Falávamos sobre utilizar recursos tecnológicos na hora de montar os jogos e isso tem a ver com outros estímulos muito utilizados na aprendizagem. Não raramente, os professores ficam em dúvida sobre como utilizar o som e as imagens para enriquecer suas aulas.

Com a gamificação, é possível criar jogos em que você apresenta imagens e os alunos têm que explicar em inglês do quê se trata. Também vale a pena transformar o listening em um grande jogo. Basta acionar o áudio e dar tempo para que os alunos tentem compreender o que foi dito. Quem acertar, vai estar mais próximo da vitória.

Gamificação como motivação para os alunos

A ideia por trás da gamificação é fazer com que o aluno queira vencer, como acontece em todos os jogos com os quais eles estão acostumados. Porém, muito mais do que saírem vitoriosos, eles vão ter encontrado a motivação e a disposição de que tanto precisam para aprender inglês.

Se disser a eles que têm tarefas a serem feitas, o trabalho de estudar, além das aulas por si só, pode não soar encorajador. Mas, ao transformar o processo de aprendizagem em uma brincadeira, as chances de sucesso serão ainda maiores!

Achou interessante utilizar gamificação para ensinar inglês? Continue acompanhando nosso conteúdo. Curta a página no Facebook!