O espaço corporativo pode alavancar o crescimento profissional e pessoal. Afinal, é nele que passamos, pelo menos, 8 horas por dia e convivemos com pessoas diferentes. Portanto, aproveitar para aprender inglês no trabalho é uma boa solução para quem deseja subir na carreira e ampliar a sua rede de contatos.

Definitivamente, é muito importante estudar uma segunda língua — as vantagens de aprender inglês são inúmeras. No entanto, com a rotina corrida, é difícil encontrar soluções para praticar o idioma e não perder o rendimento em seu emprego.

Saiba que existem soluções para quem quer aprender inglês e, ainda, se integrar mais ao seu ambiente de trabalho. Continue a leitura para descobrir como você e os seus colegas podem estudar o idioma na sua empresa!

Monte uma biblioteca de língua inglesa

Converse com o seu gestor sobre a possibilidade de criar um acervo de livros em inglês, os quais estejam disponíveis para locação no ambiente de trabalho. Cada funcionário pode colaborar com a indicação ou a doação de um livro.

Os temas podem ser relacionados ao universo empresarial, abordando assuntos como negócios, finanças, marketing, economia, comunicação, entre outros. Livros de literatura inglesa também são muito bem-vindos. Afinal, alguns deles têm um nível de linguagem mais acessível a principiantes no idioma, o que incentivará o estudo e fortalecerá a ideia de aprender inglês é, na verdade, uma atividade simples.

Os livros podem ser comprados em sites nacionais como Saraiva, Fnac e Livraria Cultura, usando cartão de crédito nacional. Uma alternativa é comprar em sites internacionais, como Book Depository, Amazon e Barnes and Noble. Porém, é necessário ter cartão de crédito internacional ou conta no PayPal.

Crie um clube de leitura

Essa dica está relacionada à primeira. A criação de um grupo de leitura sobre os livros da biblioteca, ou até de outros lugares, promoverá a discussão em inglês no trabalho.

Você pode incentivar atividades voltadas à conversação, à escrita e à capacidade auditiva. Algumas dicas são:

  • faça pequenos debates e pergunte a opinião de cada membro;

  • incentive a produção de reviews (resenhas);

  • peça para que alguns leiam trechos do livro em voz alta;

  • aproveite para investigar as expressões idiomáticas e as gírias presentes na obra;

  • se o livro pertencer a algum autor notável, como Shakespeare, discuta a importância do seu estilo literário;

  • crie um blog ou grupo nas redes sociais para manter registro dos resultados.

Faça pequenos grupos de estudo

Os grupos não devem se limitar apenas à discussão literária. Aplique um formulário online para todos no trabalho. Descubra quem já é fluente no idioma, capaz de auxiliar os colegas a estudarem, e quem ainda está nos níveis básico e intermediário.

Isso não apenas incentiva o aprendizado de inglês no trabalho, mas também melhora o relacionamento dos colaboradores, que terão a oportunidade de integrar-se a pessoas diferentes de seus times habituais.

Se ninguém se sentir preparado para liderar um grupo de estudo, não se desespere. Conte com a ajuda de uma instituição com metodologia própria, preparada para ensinar o idioma em qualquer localidade.

Consulte o seu supervisor sobre a possibilidade de usar alguma sala da empresa para estudar durante o horário do almoço, antes ou após o expediente. Caso isso não seja possível, pense em locais próximos, como lanchonetes, restaurantes e cafés.

Organize sessões de cinema e palestras em inglês no trabalho

Muitas vezes, nossa participação é essencial em palestras e seminários sobre os mais variados temas do ambiente corporativo. Por que não aproveitar e debater esses assuntos na língua inglesa?

Estude a possibilidade de apresentar uma pequena palestra em inglês. Se você ainda não se sente confortável para falar o idioma em público, pense em um colega que conseguiria fazer essa tarefa. Dessa forma, será possível praticar o seu listening até superar o medo de falar em inglês.

Outra ideia que não envolve a capacidade oratória, mas ainda pode tirar muitos da zona de conforto, é fazer sessões de cinema com áudio e legenda em inglês. Obviamente, os filmes ou vídeos devem se relacionar ao universo da companhia, como documentários, palestras gravadas, tutoriais, webinars, entre outros.

Compartilhe notícias e podcasts

Acesse sites de notícias e podcasts conceituados em inglês, e compartilhe com os seus colegas. Faça isso por meio de listas de e-mail, grupos nas redes sociais e nos mensageiros eletrônicos e, inclusive, pessoalmente.

Você pode discutir a notícia que leu no grupo de estudo que mencionamos acima, ou pode simplesmente conversar com alguém sobre isso durante o intervalo, por exemplo. Pense também em criar newsletters com resumos em inglês das principais notícias de cada site. Os membros da sua equipe podem ajudar nessa tarefa. O importante é incentivar a prática e a compreensão do idioma.

Pela leitura, será possível expandir o léxico e se manter informado a respeito de tudo o que acontece, com uma visão de mundo ampliada. Ao ouvir podcasts, a capacidade auditiva é treinada para entender diferentes vocábulos e sotaques.

Escolha conteúdos de diferentes regiões do mundo, para que todos percebam como cada país aplica a língua inglesa no seu dia a dia.

Elabore um glossário colaborativo

Vamos pensar em uma empresa que seja especialista em marketing digital. Provavelmente, o cotidiano dela é cercado por palavras como: lead, content, blog, campaign, post, call to action, landing page, prospect, search engine optimization. Saber o significado dessas expressões é crucial para os funcionários dela, não é mesmo?

Pegue esse exemplo e aplique ao seu local de trabalho. Crie um documento no Google Docs abordando esse vocabulário específico e compartilhe com todos os funcionários. Permita que todos possam editar o documento para acrescentar termos e informações relevantes. Para um melhor aprendizado, as definições também podem ser escritas em inglês, em vez de apenas traduzidas para o português.

Desse modo, todos são beneficiados e ninguém poderá dizer que não conhece determinado assunto da companhia.

Incentive a criação de currículos em inglês

Outra forma de praticar o idioma é criar um currículo inteiramente em inglês. Isso expande não apenas os seus conhecimentos vocabulares, mas também as chances de subir na carreira. Ajudar os seus colegas nessa tarefa permite a troca de ideias e o aumento da rede de contatos.

Redes sociais como o LinkedIn permitem que você adicione um perfil em inglês. Isso será bom para você, já que o seu perfil será visualizado por mais usuários, e para a sua empresa, que terá mais visibilidade no mercado internacional, sendo reconhecida por ter colaboradores fluentes no idioma.

Aprenda o idioma por conta própria

Essa última dica pode parecer levemente contraditória, já que estamos falando sobre estudar inglês no trabalho, junto ao seu time. Contudo, quanto mais você pratica o idioma por si, mais se sentirá seguro e confiante para compartilhar os seus novos aprendizados com as pessoas que estão à sua volta.

Aproveite para descobrir coisas novas individualmente e compartilhá-las com o seu grupo. Discuta os livros que ler, as músicas que ouvir, fale sobre as viagens internacionais que fizer e as aulas que frequentar. Mostre para os seus colegas o que você faz e que o ajuda a progredir na língua inglesa.

Como você viu, aprender inglês no trabalho é muito importante para o desenvolvimento individual e coletivo. Agora, aproveite para entrar em contato conosco e descubra como potencializar os seus conhecimentos na língua inglesa!